Alguma vez, nos teus piores pesadelos, te viste a ser possuído por um fantoche, cosido directamente na tua mão? Algo verdadeiramente sinistro, não é? Pois bem, o jogo que te trago hoje é basicamente isso, mas com um pequeno twist… Estás preparado para conhecer Hello Puppets!?

Hello Puppets!, criado por Otherworld e entregue pela TinyBuild, leva-te a explorares um edifício em ruínas, onde antes era um palco de um programa de TV – um pouco ao estilo da Rua Sésamo, com fantoches muito fofos e divertidos. Este teve um final demasiado dramático, quando um misterioso incêndio fez arder tudo, incluindo o seu criador. Tu, como jornalista, ficaste a cargo de explorar alguns rumores que têm vindo a surgir, envolvendo misteriosos desaparecimentos naquele lugar. O que não esperavas era seres envolvido numa armadilha voodoo e ficares com a tua mão cosida a um fantoche!

Hello Puppets

Contudo, ao contrário de seres completamente possuído e em controlo do fantoche falante, parece que este não te consegue controlar. E isto não é bom, pois tu e o teu fantoche acabam por tornar-se num alvo a abater, por serem considerados um ser “defeituoso” que deve ser desfeito em pedaços. A solução? Escapar de lá o mais depressa possível e, de preferência, com vida!

Uma história que merecia muito mais

A história de Hello Puppets! roda muito em torno de ti e do teu fantoche, que no início age de forma rude e com desprezo, acabando por se tornar numa espécie de amizade entre os dois. No processo, vais descobrindo pistas e segredos do porquê destes fantoches ganharem vida e terem este desejo de possuir os humanos. Contudo, a história não chega a aprofundar o suficiente.

Hello Puppets! lembra muito uma das séries de jogos mais conhecidas entre os entusiastas de jogos de terror: o Five Nights at Freddie’s.

Hello Puppets

Infelizmente, só podemos contar com umas 2-3 horas de jogo, o que não é nada suficiente para termos uma noção completa deste mistério. Tirando o fantoche, não consegues apreciar nem conhecer um pouco mais das personagens e as suas histórias. O pior é que o desfecho da história deixa-nos com algumas dúvidas acerca de uma sequela ou spin-off deste “mundo” dos fantoches. Por cá espero que haja continuação!

Lê mais:  Tetris Effect (Oculus Quest) | Análise

Soluciona quebra-cabeças em conjunto

Hello Puppets! gira à volta de quebra-cabeças, que implicam o trabalho conjunto dos dois. Isto enquanto tentamos fugir dos monstros fantoches assustadores que nos querem romper as costuras.

Conta também com alguns sustos pelo caminho!

Estes quebra-cabeças estão bem criados e com um generoso grau de dificuldade. Botões a serem pressionados ao mesmo tempo, uma espécie de jogo do quente e frio, ou decifrar cores são alguns dos que te esperam. No entanto, vais deparar-te com um ou outro repetido, o que é um pouco chato.

Hello Puppets

Uma das mecânicas interessantes de Hello Puppets! é a possibilidade de possuíres o teu fantoche, dando-te uma visão e mobilidade diferentes, que são chave para a solução de alguns obstáculos que vão surgindo pelo caminho.

Contudo, um dos grandes problemas em Hello Puppets! são os bugs e glitches. Vais ver um ou outro com alguma frequência, desde ecrãs escuros a inimigos a perseguirem-te e a atacar através das paredes! Além disto, existem ainda alguns problemas com a mecânica de possuir o fantoche, que te permite movimentá-lo sem limites de espaço. Com uso indevido, poderás quebrar o jogo (Soft lock), pelo que terás que sair e entrar no mesmo para conseguires reverter o problema.

Uma apresentação gráfica bem executada

No departamento gráfico e sonoro, Hello Puppets! está bem apresentado. Os fantoches têm um design com bons detalhes e apresentam um ar sinistro e digno de serem reproduzidos fisicamente como merchandise. Eu, pelo menos, gostaria de obter um peluche!

Hello Puppets

Já no som, estes conseguem dar o mínimo de suspense e de chocar o jogador na altura certa, exactamente como um jogo de terror deve ser! Em termos de falas, as vozes estão bem encaixadas nas personagens, especialmente o teu fantoche, cuja sua voz contém muita personalidade, narrando bem o que se vai passando à medida que te aventuras pelos recantos mais sombrios, o que é fantástico!

Hello Puppets! já se encontra disponível, apenas em formato VR, para as plataformas Steam VR e Oculus Rift/S.

Conclusão da Análise
Bom
7
Um fanático por Nintendo, de nome "Nintendista", que procura mostrar ao mundo o lado mágico da empresa que o acompanhou durante toda a vida.