O jogo que morou na antiga portátil Nintendo 3DS, Miitopia, está de regresso agora na consola híbrida Nintendo Switch! Mas será que este jogo é assim tão bom, que justificasse o seu relançamento para o hardware moderno? É isso que vamos descobrir!

Miitopia leva-te numa aventura pelas terras onde os Miis habitam. Um grande vilão, de nome Dark Lord, decide infortunar a vida de muitos, roubando-lhes as faces e deixando-os num silêncio perturbador. Cabe-te então a ti e aos teus companheiros restaurar as faces de toda a população e acabar de vez com os planos maléficos de Dark Lord!

Esta história, apesar de muito simplista, dá um propósito aos nossos Miis e chega minimamente a entreter, especialmente o público mais jovem, dado não haver muitas complicações nem confusões com o rumo da história. Isto até porque a aventura processa-se em eventos, ou seja, é feita num mapa mundo dividido por vários pontos chave, onde escusas de andar às voltas num mundo aberto à procura do próximo local para onde tens que ir.

Contudo, temos aqui um problema, que é a grande sensação de repetição. Se passarmos algumas horas a jogar Miitopia, começamos a ver um padrão de jogo bastante recorrente e isso não é nada bom, pelo menos na minha opinião. Dado que a história principal leva umas 20 a 30 horas a ser terminada, posso dizer-te que o melhor é jogares aos poucos para não te sentires enjoado.

Caras conhecidas por todo o lado!

Todos os habitantes em Miitopia, incluindo tu e os teus companheiros, são personalizáveis. Isto quer dizer que, se tiveres criado um Mii da tua Avó, amigo ou inimigo na tua Nintendo Switch, podes associá-lo/a a um habitante no jogo. Graças a uma melhoria feita nesta versão da Nintendo Switch, poderás agora personalizar ainda mais os Miis, dando-lhes detalhes muito característicos e até mesmo fazendo parecerem-se com personagens de outras franchises com bastante fidelidade!

Além disso, caso não tenhas Miis criados por ti, tens uma vasta gama de outros Miis criados por outros jogadores, que poderás aceder através de códigos de acesso, que poderás encontrar facilmente com uma pesquisa na internet. Não só isto é tão fixe como também torna a tua experiência de jogo um pouco mais familiar ao teu estilo!

Amiibos e mais amiibos!

Miitopia conta com suporte para muitas das figuras amiibo disponíveis no mercado (ou na tua estante!). Estas podem ser utilizadas para obteres fatos da própria figura amiibo e outros itens de jogo. Sem dúvida que o teu objectivo com estas figuras é obteres as roupas das tuas personagens Nintendo favoritas e poderes vestir os teus Mii a rigor! Infelizmente, as cartas amiibo não funcionam…

Lê mais:  Splatoon 2 | Novo Splatfest 35.º Aniversário de Super Mario Bros. arranca hoje à noite!

Combates muito simples

Miitopia conta com uma quantidade simpática de Jobs para os teus Miis. Se não estás a par com o universo dos RPGs Jobs, estes são papéis que os teus Miis desempenham no jogo. Guerreiro, Mágico, Cozinheiro ou até mesmo um cantor/a, são Jobs que estão à tua disposição e farão toda a diferença quando combinados com outros Miis com diferentes Jobs, criando uma sinergia dura de se quebrar!

No processo de criação do Mii, para além de escolheres o Job também terás que escolher uma personalidade. Energético, Teimoso e Calmo são algumas das personalidades que poderás dar ao teu Mii, que vão afectar a maneira como este se comporta no jogo, principalmente durante os combates, como por exemplo atacar uma segunda vez no mesmo turno ou desviar-se de um ataque. Contudo cada personalidade também terá a sua desvantagem, como esconder-se atrás de um membro de equipa e fazer com que este leve o dano ou até dormir no meio da batalha para recuperar vida.

No que toca aos combates, estes foram criados de uma forma muito superficial. Digamos que se és um grande adorador de RPGs vais notar algumas limitações nas opções que terás disponíveis durante e até fora das batalhas. Como já referi anteriormente, a progressão no jogo é feita através de eventos. Em cada um, as tuas personagens vão andar automaticamente pelo percurso e, ocasionalmente, encontrarão inimigos para combater. Estes vão ter sempre caras diferentes, que foram roubadas de Miis e colocadas pelo próprio Dark Lord. Um toque bem giro deste jogo.

É então aqui que vemos como as batalhas são maioritariamente automáticas, apenas permitindo ao teu Mii tomar decisões quando chega a vez dele, dado isto ser um jogo por turnos. Não quero opor-me muito à ideia de ser automático, o problema é que o jogo deveria permitir um modo manual, para eu poder tomar TODAS as minhas decisões, e não estar a ver os meus companheiros a fazerem acções totalmente erradas como comer bananas automaticamente (item de cura) cada vez que apanham um dano um pouco acima do normal. Digo isto porque a única acção que consigo ter manualmente em todos os meus Miis é o uso dos Sprinkles. Estes pózinhos cintilantes, dão-nos a oportunidade de recuperar a vida, pontos de mentalidade ou até reviver algum membro da minha equipa.

Lê mais:  Animal Crossing: New Horizons | Nuno Markl e Filomena Cautela juntos em #PartilhaoTeuMundo

Para além do combate, uma vida de amores e desgostos!

Uma das grandes mecânicas que temos em Miitopia passa pela relação entre tu e os teus Miis. Uma vez terminado um evento de jogo, tu e a tua equipa pernoitam numa pousada. Aqui poderás fazer várias coisas, como comprar equipamento, alimentar os teus Miis com comida, dando melhorias nos Stats deles, jogar na roleta para ganhar itens ou equipamentos, ou fazer actividades como ir à biblioteca ou ver um filme no cinema, aumentado o nível de afinidade entre os Miis.

Esta última é das mais importantes pois o nível de afinidade reflete-se muito nos combates que vais ter. Por exemplo, se dois Miis tiverem um grau de afinidade grande, eles começam a realizar ataques conjuntos, avisar um ao outro para se desviarem de algum ataque ou até mesmo sacrificarem-se e levar com o dano em vez do colega. Em contraste, se dois Miis não estiverem a portar-se bem um com o outro, aí vemos como tudo poderá tornar-se mais complicado em batalha… Então também podemos ver este jogo como uma espécie de simulador de vida.

Os gráficos que já esperaríamos de um jogo “Mii”

Miitopia pode gabar-se de muita coisa, mas no que toca a gráficos de jogo, estes são o que são. Dado que o jogo foi trazido da Nintendo 3DS, é normal não vermos muitas melhorias nos detalhes, contudo o jogo não deixa de ser minimamente um aperitivo ao seu olhar. Apenas não esperes um efeito “wow” quando começares a jogar o jogo. No entanto, muito estranhamente, notei algumas quebras de frames em algumas situações, e em alguns casos umas um pouco violentas, fazendo-me questionar se isto era realmente problema do hardware da Switch ou má optimização do jogo.

Também é possível ter um Cavalo em Miitopia!

No que toca às músicas de jogo, também não tenho muito a queixar-me nem a elogiar. Estas estão boas e encaixam no estilo de jogo sem problemas, tento algumas que se destacam mais que outras, e ainda algumas conseguem representam bem os sentimentos de alguns Miis.

Miitopia já se encontra disponível para as consolas da Familia Nintendo Switch. Também poderás encontrar o jogo original na familia de consolas Nintendo 3DS/2DS.

Conclusão da Análise
Bom
7.5
Um fanático por Nintendo, de nome "Nintendista", que procura mostrar ao mundo o lado mágico da empresa que o acompanhou durante toda a vida.