É oficial, as aventuras de Bub e Bob chegaram às plataformas de realidade virtual com Puzzle Bobble VR: Vacation Odyssey. Nesta experiência desenvolvida pela Survios e publicada pela própria Taito Corporation, vemos a evolução do grande clássico das arcades de 1986, Bubble Bobble! Ainda te lembras do que era tentar bater os highscores neste jogo? Vamos ver se esta adaptação é tão divertida quanto o clássico!

Se estás numa de ir de férias em realidade virtual e já espreitaste o Vacation Simulator de que te falei à uns tempos, então Puzzle Bobble VR: Vacation Odyssey pode ser o próximo título na tua rota. Simples e clássico, como se pretende da evolução de uma franquia de renome e peso nas memórias de qualquer jogador de palmo e meio, este é um jogo que te coloca logo de pistola na mão, pronto a disparar para 1 dos 3 modos disponíveis. 

Para começar, é sempre bom dares uma espreitadela ao modo Story, ou seja o de campanha, onde Bub e Bob têm uma jornada de 100 níveis diferentes para completar. Nestes são introduzidas diversas mecânicas faseadamente, para que tenhas sempre a motivação e a curiosidade de prosseguires nesta aventura de descoberta. 

Cada nível, dá-te uma missão, como por exemplo, completares o desafio com um número limite de disparos ou num tempo limite. E como é que concluis cada nível? Bem, Puzzle Bobble VR: Vacation Odyssey reinventa a jogabilidade do clássico que conhecias e não faz necessariamente uma reprodução da mesma. Ou seja, em vez de teres uma parede que desce e puxa as bolhinhas até um nível inferior limite, aqui tens um objecto tridimensional projectado em camadas e camadas de bolhinhas, com um núcleo central cujo teu objetivo é rebentares para concluíres o nível. Ao invés da descida das bolhinhas, tens então a limitação dos disparos e do tempo, e outras mecânicas de movimento que te dificultam um bocado a vida, mas não o suficiente para não te divertires. 

Puzzle Bobble VR_ Vacation Odyssey 1

Como mencionei anteriormente, são introduzidas diversas mecânicas já muito familiares para qualquer jogador que tenha minimamente explorado este jogo ou os seus inúmeros ripoffs. Estas incluem, por exemplo, umas bolhinhas especiais que explodem todas as que tiverem a mesma cor que a bolha que lhe acertou, ou outras que confundem o Bob ao lançar-nos a bolhinhas para podermos disparar… mas temos aqui também algumas novidades! Tomando partido da tridimensionalidade, temos por exemplo, planos que encobrem toda uma camada de bolhinhas a que não temos acesso até o conseguirmos destruir.

A adicionar temos também 3 power-ups que podemos desbloquear com a moedas do jogo: Bomb, Paintbrush, e Spin Orb. Devo dizer que adorei o Paintbrush, que te permite trocar a cor que vais disparar, além de que a bolha resultante conseguirá mudar a cor das outras bolhinhas em que embater. Bomb, é um power-up bastante óbvio, pois permite-te explodir com uma boa parte das bolhinhas em que tocar. Já o Spin Orb, permite-te rodar a figura tridimensional que alberga todas as bolhas, para que possas seguir a tua estratégia. Facto é que ao jogar estava sempre a preparar os meus próximos disparos de cada cor, consoante as oportunidades em campo, mas após cada embate, o aglomerado de bolhas rodopia e, por vezes, pode ocultar todas as bolhas da cor que tens disponível para disparar. 

Puzzle Bobble VR_ Vacation Odyssey 3

O modo Story foi de facto divertido para entrar nos eixos e apreciar um pouco as transformações e incrementações desta experiência, no entanto em relação à estória em si que nos conta, esta é completamente acessória e nada relevante.

Passando para os restantes modos, devo dizer que o modo Duel foi um total fracasso, pois não tendo muitos amigos com equipamentos de realidade virtual, quanto mais com este jogo. Tanto a opção de jogar contra amigos como em duelos aleatórios online não deu em nada. Sem ninguém disponível para duelar, não consegui testar este modo, mas só espero que seja tão desafiante quanto divertido.

Já o modo Infinite, esse foi a minha praia. Aqui és desafiado a bater o teu highscore sem limites de tempo ou de disparos, com todas as mecânicas incorporadas no modo Story em jogo, tendo apenas o desafio de não deixares que um núcleo seja absorvido por um buraco negro que se abriu no céu. É isso mesmo, este é um modo arcade que tenta mimicar melhor a experiência do clássico, reverte a gravidade puxando as bolhas para cima, ao invés de as fazer descer. Basta que apenas um núcleo seja sugado e a partida termina. Pronto para bater uns highscores aqui? 

Puzzle Bobble VR_ Vacation Odyssey 2

Por fim quero referir que foi tão fofo quanto agradável revisitar estes dois amigos, Bob e Bub em 3D! A Survios respeitou a arte dos nossos dragões-bolha favoritos conforme os conhecemos, contudo sinto que aqui tinham oportunidades que não foram agarradas, como explorar algumas interactividades por exemplo da parte do Bob, que podia puxar mais por nós e motivar-nos ao longo da jogada. Desta forma, criaria uma relação interessante com o jogador.

Apesar do registo gráfico que a Survios tem seguido nos títulos VR como Creed: Rise to Glory, e The Walking Dead: Onslaught, aqui a arte remeteu-me para a minha experiência com Angry Birds VR: Isle of Pigs. Cores mais saturadas, ambientes mais simples, mas ainda assim com detalhes e  texturas ricas.

Já a nível de sonoridade, acompanha-nos uma melodia alegre, muito simples e singela que quase passa despercebida, mas que nos mantém naquele espírito tranquilo e despreocupado, de que estamos aqui para nos divertirmos e passarmos um bom bocado.

Puzzle Bobble VR: Vacation Odyssey já está disponível na Oculus Home para Oculus Quest e Oculus Quest 2.

Conclusão da Análise
Relaxante
6.7
Apaixonada pelo mundo do cinema e dos videojogos. A ficção agarrou-me e não me largou mais! A vida levou-me pelo caminho da Pós-Produção, do Marketing e da organização de Eventos de cultura pop, mas o meu tempo livre, dedico-o a ti e à Squared Potato.