A Valve anunciou hoje a sua nova consola portátil, a Steam Deck, que permitirá os jogadores a levarem e jogarem a sua biblioteca de jogos da Steam para todo o lado.

Steam Deck

Esta consola portátil vem com um processador AMD Zen 2 com RDNA 2, correndo a 1.6 GHz, com um pico de performance a rondar os 1.6 Teraflops, que proporciona um desempenho mais do que suficiente para executar os mais recentes jogos AAA. A juntar-se a isto temos ainda 16GB de RAM, três opções de memória interna de 64GB (eMMC), 256GB (NVMe) ou 512GB (MVMe) e ainda, caso ainda não te chegue, uma entrada para cartões micro SD.

Falando no seu ecrã, este fica-se pelo ecrã táctil de 7 polegadas, com uma resolução de 1280×800 a 60 Hz. Em termos de entradas para periféricos, a consola conta com três portas USB; porém, só uma delas é que ficará a cargo de entregar altas velocidades, com USB 3.1, enquanto as outras duas serão mais dedicadas a ratos e teclados. Para a saída de vídeo podes ainda contar com uma quarta porta USB-C.

Para complementar temos ainda uma entrada para cabo de rede (algo que realmente me intriga), Wi-fi, Bluetooth 5.0, dois pares de microfones e ainda uma entrada Jack para saída de som.

A Steam Deck está equipada com uma boa dose de botões. Nestes podemos contar com dois controlos analógicos, um D-Pad, quatro botões de acção, dois trackpads, quatro botões de função, e ainda quatro gatilhos em cada lado, sendo que em cada um desses lados contaremos com dois gatilhos em cima e dois na traseira lateral da consola.

Lê mais:  Crusader Kings 3 | Análise

A Valve também revelou que, para além da Steam Deck, vai ser lançada uma Dock, algo semelhante ao que já se vê com a Nintendo Switch da Nintendo em que, uma vez acopulada, garante saída de vídeo para uma TV ou monitor. Em termos da performance, estão a ser prometidas resoluções de 4K a 120 Hz ou 8K a 60 Hz. Contudo, estas frequências não se referem aos jogos, pelo que estas serão, efectivamente, mais baixas quando jogamos jogos mais exigentes.

Steam Deck

No que toca ao seu sistema operativo, a Steam Deck chegará com o seu próprio sistema operativo Steam OS 3.0, baseado em Arch Linux. Isto permite que jogues jogos Linux sem problemas, e ainda jogos Windows, graças a uma camada de compatibilidade que chamada Proton. Contudo, se não queres este sistema operativo, estás livre de instalar qualquer outro que queiras, incluindo Windows 10.

A Steam Deck custará 419€, para o modelo de 64GB, sendo que os modelos com a memória interna mais rápida, 256GB e 512GB, custarão 549€ e 679€, respectivamente. As pré-encomendas serão abertas a partir de amanhã, dia 16 de Julho, sendo que a Valve espera lançar a consola em Dezembro deste ano.

Para mais detalhes visita a página oficial da consola.