Este artigo contém SPOILERS sobre os novos episódios de Steven Universe que foram exibidos em Dezembro de 2018.

Como membro algo activo na comunidade de Steven Universe, posso dizer que há várias boas razões para se ficar colado à série. A arte encantadora, sobretudo no que toca a paisagens; o lore guloso (quanto mais se sabe, mais se quer saber) e até a abordagem de temas pouco comuns de se ver em desenhos animados (como a relação entre Ruby e Sapphire).

Algo que não é absolutamente uma boa razão, é o charme do Steven. Porque ele não tem nenhum no início da série. Steven é um pré-adolescente muito irritante, infantil e irresponsável, que tem de ser salvo constantemente de situações de morte certa. Nós, potenciais fãs a ver a série pela primeira vez, queremos saber tudo sobre tudo. De onde vêm as gemas? O que são as criaturas com que as Crystal Gems lutam? O que são os artefactos que encontram em missões? Quem é a estátua do templo? Nunca vemos estas perguntas respondidas, porque Steven não faz perguntas. Ele mesmo se apercebe disso, quando tenta construir uma escola, mas não sabe nada a não ser que tem quadros, livros e secretárias.

Desde a grande revelação Rose Quartz = Pink Diamond, temos tido oportunidade de avaliar as acções dela com outra luz. Pink Diamond era bastante imatura, tendo as outras Diamonds como referência. Vemos em flashbacks que a Pink fez birra porque queria uma colónia e, quando finalmente a teve, desistiu dela bem depressa. Pink agia no momento, queria coisas de capricho e, apesar de ver a beleza em tudo, não sabia bem como as coisas funcionam, o que a leva a tomar decisões…questionáveis (ainda estamos à espera de uma explicação para o Zoo de Humanos).

Quem mais conhecemos que é assim? O Steven, o nosso pequeno Líder das Crystal Gems. No mais recente episódio, intitulado Familiar, Steven tem um momento Cinderela onde se pergunta porque esta situação tão nova (estar em Homeworld e falar com as Diamonds) lhe parece familiar. Muitas pessoas ficaram à espera de algo que nos dissesse que a consciência da Rose ainda está presente na cabeça (gema?) do Steven, mas não. A situação é-lhe familiar porque ele já passou por isto com as Crystal Gems. Mais uma vez, há respostas a serem dadas, Steven tem um destino importante para cumprir, mas todos o vêm como engraçado, fraco e imaturo, portanto não o deixam fazer parte das coisas importantes, e deixam-no no seu quarto sozinho enquanto “trabalham”.

Mas, tal como ele se apercebe na canção, desta vez ele evoluiu. Desta vez ele teve oportunidade de aprender como emendar conflitos familiares. É isto que faz do Steven um óptimo personagem. Ele cresceu tanto desde a temporada 1, vimo-lo passar de miúdo irresponsável para alguém que, na maioria dos casos, sabe lidar com situações pesadas e sérias de forma apropriada, enquanto mantém a sua personalidade carismática e gentil. Para isso, só foram precisos imensos eventos traumatizantes!

Lê mais:  Séries HBO | Agosto de 2020

Estamos todos em pulgas para ver os próximos episódios, especialmente o episódio de 44 minutos que vai ser exibido a 21 de Janeiro. Até lá, há muito para especular.