Dungeonborne | Revelado o emocionante dungeon crawler de extração PvPvE, com demo jogável disponível no Steam Next Fest

O estúdio de desenvolvimento Mithril Interactive está entusiasmado por revelar Dungeonborne, um dungeon crawler de extração PvPvE de fantasia sombria que combina elementos de jogos táticos de extração e exploração de masmorras num mundo de fantasia sombria. Desenvolvido no Unreal Engine 5, Dungeonborne visa proporcionar uma experiência imersiva de próxima geração que oferece combate altamente tático e personalização de personagens para os jogadores enfrentarem a solo ou em grupo.

Jogadores de todo o mundo poderão experimentar os pináculos e masmorras góticas de Dungeonborne através de uma alpha aberta para PC que estará disponível para jogar durante o Steam Next Fest entre 2 e 12 de fevereiro.

Exploração de Masmorras, Evoluída

Na sua essência, Dungeonborne é um dungeon crawler de experiência de extração, no qual os jogadores se juntam em pequenos grupos ou jogam sozinhos para procurar tesouros num cenário sombrio gótico invadido por monstros e outros aventureiros. Uma mente tática afiada, composição de equipa e compreensão do terreno contribuirão para o sucesso, à medida que os aventureiros são lançados em situações perigosas com nada além de uma espada e um sonho.

A experiência tradicional de dungeon crawler é ainda mais aprimorada por características fora do género estabelecido, incluindo:

  • O mecanismo de ‘extração’, dando aos jogadores a opção de concluir a sua aventura e garantir em segurança o seu saque, ou aventurar-se mais para buscar mais, ao custo de perder tudo se perecerem. Isso é ainda aprimorado pela adição de uma área segura que diminui com o tempo, adicionando uma camada de pressão de battle royale e influenciando a tomada de decisões, já que os aventureiros tentam escapar com o seu saque.
  • Uma variedade de classes de jogadores altamente especializadas, desde classes de fantasia tradicionais como Rogue e Sacerdote que incorporam tropos tradicionais do género até opções mais especializadas como o Piromante e Criomante que causam destruição e congelam inimigos no lugar, ou a classe Cavaleiro da Morte construída em torno de aprisionar inimigos e manipular o campo de batalha.
  • Combate ambiental, desde a utilização de terrenos elevados, sombras e armadilhas para ganhar vantagem, até transformar-se numa imitação de baú e emboscar oponentes gananciosos. O combate é ainda aprimorado por um sistema de frascos e poções que permite aos jogadores utilizar poções alquímicas para curar-se ou causar dano aos seus inimigos.
  • Sistemas extensivos de criação e aprimoramento que melhoram ainda mais o saque que os jogadores adquirem, aprofundando e expandindo a construção de personagens.
  • Um mercado interno no jogo que permite aos jogadores vender itens que adquiriram em sua última aventura, ou comprar armas e armaduras de outros jogadores antes de se aventurarem novamente.

Um Reino Abandonado Onde o Tesouro Aguarda

Dungeonborne é ambientado num mundo medieval sombrio com torres góticas e monstros escondidos em cantos escuros. O reino abandonado em que os jogadores se encontram tem uma alma própria, ressuscitando os mortos para se erguerem novamente e protegerem os tesouros e riquezas que os jogadores procuram.

Aventureiros corajosos irão invadir as muralhas do castelo e saquear tesourarias em ambientes elaborados construídos no Unreal Engine 5. Para aprofundar a imersão, Dungeonborne também apresentará áudio espacial estereoscópico criando sons sutis, quase ilusórios, de passos, rangidos de uma porta e outros sons de fundo. Jogadores atentos notarão esses sinais sonoros subtis, e mentes perspicazes usarão esse conhecimento a seu favor.

Congela e Queima, Mata e Levanta

Inspirado fortemente na sua inspiração de RPG, Dungeonborne apresenta uma variedade de classes e raças para escolher. Humanos e mortos-vivos estarão disponíveis na próxima open alpha, com mais a seguir, permitindo que os jogadores combinem diferentes arquétipos e experimentem com composições de equipa enquanto se aventuram.

As classes de jogadores de Dungeonborne expandem-se para além das tradições do género. Além de tropos de classe tradicionais como rogues, sacerdotes e guerreiros, classes especializadas adicionais que estarão disponíveis incluem:

  • Criomante, um mago versado em magia de gelo que pode conjurar tempestades de neve para abrandar inimigos, ou se envolver numa barreira de gelo protetora se o perigo se aproximar.
  • Mestre da Espada, um mestre da guerra que pode fazer chover lâminas psiónicas no seu oponente, causando um enorme dano.
  • Piromante, um feiticeiro versado na arte da destruição pelo fogo, capaz de lançar piroclastos e queimar tudo na sua vizinhança até ficar tostado.
  • Cavaleiro da Morte, um guerreiro morto-vivo trazido à vida pela necromancia capaz de agarrar inimigos com correntes espectrais e puxá-los para o seu destino.

Forja as Tuas Ferramentas de Destruição, ou Acumula Riqueza

Além dos feitiços e ataques específicos da classe, os sistemas de criação e comércio de Dungeonborne avançam ainda mais no combate de dungeon crawler, adicionando camadas extras. Assim que os jogadores emergem da masmorra, podem vender o seu saque na casa de leilões do jogo e encher os seus cofres, reequipando-se para a próxima aventura ou aprimorando-se completamente. Cada peça de saque tem o seu valor, quer possa ser desmontada para recursos de criação e usada em outras peças de equipamento ou encantada ainda mais.

Open Alpha no Steam Next Fest

Jogadores interessados em experimentar Dungeonborne são convidados a participar de uma demonstração limitada do jogo que fará parte do Steam Next Fest, oficialmente lançado a 2 de fevereiro às 10:00 PST / 19:00 CET até 12 de fevereiro às 10:00 PST / 19:00 CET. Para mais informações sobre a open alpha, consulte a página oficial do Dungeonborne no Steam aqui.

Squared Potato
Na internet, ninguém sabe que és uma batata.