Depois de duas edições de sucesso no norte do país, a Comic Con viaja em direcção à capital portuguesa. Trocando completamente de ambiente e expandido as suas demografias, através de um espaço na sua maioria aberto, vamos fazer-vos uma visita guiada, ao maior evento de cultura pop deste verão.

Logo ao entrar no recinto, a primeira impressão que temos é que, todo o evento está programado como se fosse uma feira, ao bom velho estilo do antigamente. Até porque os nossos olhos avistam logo dezenas de lojinhas, cada uma com o seu espaço próprio. As mesmas, encontram-se munidas de todo o tipo de artigos. Desde os mais obscuros, como as bolachinhas do Shinchan, e almofadas das atarefadas células trabalhadoras de Hataraku Saibou, às tradicionais T-shirts, figuras e artbooks de todo o tipo de séries, especialmente de Dragon Ball. Isto, porque de uma forma ou de outra, todas as lojas, tinham artigos desta franquia. E curiosamente podíamos encontrar os mesmos exactamente a bom preço.

Comic Con Portugal 2018

Lê mais:  Pikmin 3 Deluxe | Jogo chegará à Nintendo Switch em Outubro

Um registo que achei muito interessante, é que as lojas se equiparam com um misto de artigos, ocidentais e orientais. Alargando assim as suas demografias e conteúdos. Uma nota aqui a salientar, algumas lojas estiveram situadas de uma maneira pouco desconexa, e pouco funcional. Enquanto a maioria esteve situada no mesmo espaço, certas lojas como a Hypertoys, e a Aniplay, estiveram inexplicavelmente situadas em dois pontos adjacentes.

Então a primeira esteve situada perto dos auditórios, enquanto a segunda localizou-se numa tenda dentro da área dos jogos de tabuleiro. Isto, não é de todo uma critica, mas sim um abrir de olhos para quem decidir visitar estes dois espaços. Para finalizar, tivemos algumas lojas espanholas com preços bastante competitivos e artigos de qualidade. Ainda nos stands, pudemos visitar o cantinho dos artistas. Onde fomos recebidos com centenas de ilustrações fantásticas e artigos feitos com muito amor, carinho e dedicação.

Comic Con Portugal 2018

Lê mais:  Dreams | PlayStation Anuncia uma Série de Videos

Inevitavelmente, durante o nosso tour, somos agraciados por dezenas de cosplayers. Enquanto que a maioria enveredou para o casal mais disfuncional da DC Comics, a Harley Quin e Joker, ou para o desbocado anti-herói da Marvel, Deadpool, ainda tivemos espaço para adeptos encarnando, Geralt di Rivia, de The Witcher, Jin Kazama de Tekken 4, e Tracer de Overwatch. É de salientar que tivemos cosplayers de todas as idades! Desde crianças a adultos com os seus 40 anos de idade.

Ainda enquanto deambulávamos pudemos avistar diversas áreas promocionais da Syfy, onde tivemos a possibilidade de tirar umas fotos com uns zombies cabeçudos de The Walking Dead , ou subir ao dragão da Guerra Dos Tronos. Pudemos também participar em combates de Boxe contra Creed, da série Rocky. Dispostos estiveram também, alguns pavilhões onde poderíamos conhecer o actor Dolph Lundgren, o autor de Dragomante, Filipe Faria e Maurício de Sousa, o criador e ilustrador da eterna Turma da Mónica, infelizmente não pude visitar nenhum.

Comic Con Portugal 2018

Lê mais:  Little Nightmares II | Revelado teaser trailer e data de lançamento!

Finalmente chegámos à área de destaque, a zona de gaming! Esta foi dividida em dois pólos diferentes, e um pouco distantes. Vamos começar pelo espaço mais amplo e moderno, e talvez até um dos maiores do recinto. Logo a entrar, tivemos uma fila enorme para jogar, em antemão, o próximo grande sucesso que se adivinha: Super Smash Bros. Ultimate. Este, como sabem, terá data de saída perto do final do ano. Super Mario Party também marcou presença no evento. O videojogo terá lançamento a 5 de Outubro.

Continuando a nossa viagem, mas vestindo agora as cores azuis da Playstation, pudemos ficar a conhecer a par e passo as aventuras do Homem Aranha. Este é o mais recente sucesso da Sony. A empresa apostou apenas neste jogo e reconstituiu todo um espaço, muito surpreendente alusivo, a New York. A marca verde ficou completamente de fora, mas a OMEN, resolveu brindar-nos com torneios de Fortnite e Tekken 7, e experiências VR. Experiências quais tiveram dezenas de participantes.

Comic Con Portugal 2018

Lê mais:  Nintendo Direct Mini (Agosto) | As novidades apresentadas

Ainda dentro do recinto, tivemos algo muito aliciante e único. Lembram-se dos Robots de Combate, que poderíamos assistir nos primórdios da Sic Radical? Pois bem, tivemos uma exibição dos mesmos, e os participantes poderiam até combater em ferozes combates robóticos.

Convém não esquecer que, ao longo de cada dia, tivemos a visita de diversos Youtubers. Entre eles o GamiGAportugal e o Bumperky. No geral, o espaço principal de gaming foi muito agradável, amplo e assente em valores bem seguros.

Comic Con Portugal 2018

Lê mais:  Animal Crossing: New Horizons | Novo Update Promete Refrescar o teu Verão!

Em seguida, viajámos na máquina do tempo do Trunks. E fomos transportados para a tenda da Nostalgica, onde pudemos testemunhar e participar na evolução dos videojogos. Desde as Atari, passando pelas arcades, a eterna guerra entre a Sega e a Nintendo, e por fim culminando na Playstation 3. Tivemos até consolas portáteis em exposição, como a Sega Game Gear. Este foi sem dúvida um dos espaços mais emblemáticos do evento, e onde passo a destacar dois grandes pontos. O primeiro, uma torre de TVs CRT disposta numa pirâmide circular, e o segundo, uma experiência alucinante, de jogar o Mario Kart 8 Deluxe em karts almofadados, onde pudemos sentir cada colisão. Assim sendo, convido-vos a visitarem este espaço não só pela originalidade, mas pela dedicação na criação deste Stand.

Assim termina a nossa viagem pelo percurso da Comic Con Portugal 2018. Um evento de cultura pop que trouxe até nós, o melhor da mesma. Em larga escala, um evento onde miúdos, graúdos e curiosos puderam viver uma realidade bem alternativa.

Deixa uma resposta

Por favor deixa aqui o teu comentário
Por favor deixa aqui o teu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.