Mais um ano, mais um Iberanime no Porto. Este ano saindo do tradicional Multiusos de Gondomar para a Exponor, onde foi a última Comic-con no Porto.

Com mais espaço, vêm mais coisas para se fazer. Mais eventos, concursos e Para-Para-Dances. Preferi muito mais este local a todos os outros anteriores. O facto de haver espaço para todos pode parecer uma coisa mínima, mas como visitante, vendedor ou Cosplayer, ter mais espaço é como um sonho. Simplesmente a ver as fotos dos eventos passados, e comparando com as deste evento, nota-se um maior à vontade de todos ao andar, dançar ou a fazer o que quiser.

Iberanime OPO 18

[irp]

Tudo diferente, mas ao mesmo tempo tudo igual. O ambiente ainda é o mesmo. O pessoal ainda fica louco ao ouvir certas músicas de K-pop. Ainda há muito pessoal com letreiros a dizer “Free Hugs”, e sim, os Noodles continuam caros.

O auditório foi usado para concertos,  mas também foi usado para passar os filmes O terceiro assassinato e O novo cinema Japonês, que foram bastante interessantes! E falando de concertos, fiquei fã de Lady Beard. Não sabia bem o que esperar deste individuo, mas se o objectivo era entreter toda a gente na plateia, ele conseguiu sem dúvida. O concerto dele foi noutro palco, mas o painel serviu para o conhecer melhor. Como sempre, estiveram Cosplayers incríveis na eliminatória portuguesa de “WCS&C4” e nos Cosplays de grupo.

Iberanime OPO 18

Iberanime OPO 18

[irp]

O palco Maggi, ou mais conhecido por “o palco onde é o Para-Para-Dance”, é quase sempre o palco com mais pessoal, e desta vez não foi diferente. Para mim o que achei mais piada foi o JoJo Pose Contest. Sendo alguém que conhece e adora a serie, sei bem o porquê de terem criado um concurso de poses, e se tu também conheces JoJo, percebes o porquê. As danças e Noodle monsters, como sempre, fazem parte da tradição do Iber e ainda continuam por cá.

Os Workshops deste ano pareceram-me muito mais organizados. Das outras vezes, parecia que algumas das pessoas tinham feito uma espécie de palestra às três pancadas. Tenho a certeza que as pessoas que participaram este ano saíram de lá com mais conhecimento e interesse. Não pude ir a todos, mas aqueles em que participei, gostei do que tinham para apresentar, tanto como o fazer armadura em Cosplay, até ao desenho do estilo manga.

Iberanime OPO 18

[irp]

O último palco foi o cultural, e infelizmente foi aquele em que menos tempo tive. Para ser sincero, eu gosto de anime, mas não tenho assim muito interesse sobre a cultura japonesa. Aquilo que sei sobre essa cultura vem de filmes, documentários e de pessoas que foram lá. Dito isto, quando vi no horário que ia haver o clube de Bonsai do Porto ou Reikie na mesma altura foi bastante óbvia a escolha que tive que fazer.

Iberanime é o que é. Gostando ou não gostando, veio para ficar e até agora o número de pessoas que gostam é muito, mas MUITO maior do que o número de pessoas que não gostam. Até para o ano nakama! 😀

Deixa uma resposta

Por favor deixa aqui o teu comentário
Por favor deixa aqui o teu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.