No outro fim de semana que se passou, compareci no VSFighting 2019, em Inglaterra. Considerado o maior torneio de jogos de luta da Europa, este teve ao todo quase 900 participantes.

Eu participei nos torneios de Dead or Alive 6, Soul Calibur VI, Tekken 7 e Samurai Shodown, e para facilitar, irei narrar os acontecimentos por ordem cronológica.

VSFighting

Lê Mais:  Comic Con Portugal 2018 | Estivemos No Maior Evento De Cultura Pop

Início/Pré-Torneio

Antes do evento começar, fiquei logo um pouco preocupado com os horários que foram divulgados.

Geralmente, na semana antes dos torneios, os organizadores postam nas redes sociais o cronograma que será seguido como lembrete para pessoal, mas no caso do VSFighting não encontrei nada nem no Twitter, nem no Facebook.

Eventualmente, encontrei uma foto no site deles, e resolvi segui-la… até as pools saírem no Smash.gg.

Lê Mais:  Café Com Farofa | Qual O Melhor Fighting Game Para Começares A Jogar?

Foi aí que começou o primeiro problema: o Smash.gg dizia que a minha pool do Dead or Alive 6 começaria ao meio-dia, a minha pool do SCVI ao meio-dia, a minha pool do Tekken às duas da tarde, e a do Samurai Shodown às 9 da manhã… Mesmo sendo este último supostamente no Domingo, de acordo com um outro cronograma, às 9 da manhã, o evento nem estaria aberto ainda.

Lê Mais:  EVO 2019 | Acompanha o Maior Torneio de Jogos de Luta do Mundo

Devido a esta discrepância nos horários, e devido ao facto de ter ficado preocupado com tanto jogo para jogar praticamente no mesmo horário (sendo que são DOIS dias de evento, poderiam colocar-me numa pool para um horário mais tardio no Tekken, e numa pool das dez da manhã num dos outros dois jogos 3D para não haver conflito), enviei uma mensagem para a organização a perguntar qual era a programação correcta… e não obtive resposta. Uma novidade em termos de torneios na Europa, pois sempre me responderam rapidamente quando tive qualquer dúvida no The Mix-Up e outros eventos.

Lê Mais:  Lisboa Games Week | Days Gone Estará Disponível No Stand Da PlayStation

Ok, passam-se algumas horas, entro no avião para Birmingham, chego à cidade, durmo no hotel, aproveito bem a sexta-feira, e na hora de dormir eu não sabia a que horas deveria estar lá. Por fim, decidi colocar o despertador para as 8 e meia da manhã para chegar entre 10 e 11 horas lá (já que no smash.gg dizia que minha pool era só ao meio dia), e me programei para ir dormir à uma da manhã…

Mas quem disse que eu consegui dormir? Eu não sei o que aconteceu exactamente, mas… eu não consegui cair no sono de jeito nenhum. Fiquei de olho fechado por umas 3 horas e quando deram 4 da manhã, fiquei bem desesperado e pensei até mesmo em colocar o despertador para acordar mais tarde, e DAÍ a ansiedade bateu “e se a pool for mesmo às 10 da manhã e não meio dia?” e daí que não consegui cair no sono mesmo (além do medo de eu acordar no famoso “só mais 5 minutinhos” se dormir apenas 4 horas).

Por fim, decidi fazer directa. Quando deram as 7 da manhã, gastei 9 libras a mais do que eu planeava, e fui tomar um café da manhã reforçado (e vai por mim, um inglês come mais calorias no café da manhã do que um brasileiro come num centro comercial ao almoço) e fui comprar dois Red Bulls. Mas por fim, percebi que não dormir foi uma BENÇÃO, porque mesmo que eu tivesse chegado às 10 e meia, poderia ter perdido o torneio de Dead or Alive… e é aí que já começam os problemas.

VSFighting 2019

Lê Mais:  Lisboa Games Week | PlayStation Confirma Os Grandes Títulos Disponíveis No Evento

Dead or Alive 6

Chego à porta do evento às 9:35 da manhã, e tem aquela fila gigante do lado de fora para levantar a credencial e entrar. Passa um tempo, o pessoal com pool às 10 da manhã começa a ficar preocupado por não conseguir chegar a tempo (no The Mix-Up tinha uma fila especial para quem ia jogar às 10 da manhã, mas nada disso aqui). Entro às 10:05 da manhã, e vou a correr ver em todos os torneios se as pools estão nos horários correctos.

Mas aí estava a faltar o detalhe: o evento ocorreu num espaço de CINCO ANDARES, com cada andar tendo um ou dois jogos. Só tinham escada rolante para subir, e não para descer, sendo a escada normal apenas a da saída de emergência. Então meus amigos, se tinha mais de um jogo para jogar, era muita escadaria e elevador andando por aí. Alias, esse é outro detalhe curioso sobre os eventos na Inglaterra. De 6 eventos em que já competi por aqui, 3 eram no meio de espaços públicos em que qualquer um pode entrar. O Revo 2017 foi num lounge de descanso de uma faculdade, Pokémon European Finals foi na quadra de esportes de um ginásio, e o VSFighting foi num espaço que, pelo que entendi, é um prédio usado tanto por 3 faculdades diferentes, como por um museu, para ter sala de aulas, auditórios, conferências, espaços educativos para crianças, etc… Tanto que no Sábado à tarde, houve uma fila enorme de pais com filhos para entrar num espaço do museu. 

Conferi a minha pool do Tekken (era mesmo às duas da tarde), Samurai era apenas no Domingo (AINDA BEM), Soul Calibur era mesmo ao meio dia. Só consegui chegar ao Dead or Alive quando já era umas 10:20 da manhã, e me avisaram que minha pool começaria às 11 (e não meio dia). Como resultado, numa pool que tinha 23 jogadores, pelo menos 7 foram desqualificados, ou seja, POR SORTE eu não dormi na noite anterior, pois eu poderia ter sido um dos desqualificados.

Quanto ao torneio de DoA em si… foi a minha maior decepção não só no VSFighting, mas acho que neste ano como um todo. Eu levei 0-2, quando jurava que iria conseguir estar pelo menos no Top 8… Recuso-me a desculpar com o facto de estar acordado à mais de 23 horas (principalmente depois do que li a história de Arslan Ash que tentou chegar à EVO Japão). Digo que foi uma mistura dos meus adversários jogarem bem e eu estar confiante a um ponto de me afogar na minha própria arrogância. Os dois sets que joguei foram muito disputados, e como eu estava com sede de ganhar só me esforcei mesmo quando não tinha a vantagem. Quando tinha a vantagem, eu só queria ganhar logo e por isso partia para cima do adversário, e isso certamente me custou a vida no torneio.

O que me deixa extremamente desapontado, pois escolhi viajar para o VSFighting apenas por ser um torneio da World Championships. Eu queria mais pontos, mas infelizmente não terei dinheiro para ir ao Ultimate Fighting Arena, então essa era a minha última oportunidade de conseguir pontos para a World Championships.

VSFighting 2019

Lê Mais:  Dead Or Alive 6 | Koei Tecmo Revela Novo Trailer E Disponibiliza Beta Test Do Jogo

Soul Calibur VI

Minha pool começou alguns minutos depois de eu perder na losers do Dead or Alive 6. Eu já tinha decidido parar de jogar Soul Calibur no começo de Junho (eu não gosto MESMO da mecânica do Soul Charge, e certas decisões de balanceamento incomodam-me bastante). Só estava inscrito porque me inscrevi para o VSFighting em Maio, então não esperava realmente nada deste jogo, mas mesmo assim a organização achou um jeito de me desapontar.

Após esperar 40 minutos para jogar a minha partida da Winners e perder, já eram quase duas da tarde, e enquanto DoA e Soul Calibur eram no quarto andar, o Tekken era no piso térreo. Eu literalmente tinha que subir e descer QUATRO ANDARES para conferir as pools de ambos os jogos. Avisei o organizador do Soul Calibur que minha pool do Tekken iria começar em menos de 5 minutos, e ele disse-me “bom, você está na losers e não vamos fazer essa bracket ainda, volte daqui 90 minutos”. Bom, como eram quatro andares de distância, eu não ia ficar subindo e descendo o elevador e a escada rolante feito um paulista na linha Amarela, então só voltei para lá quando depois de 90 minutos exactos… só para descobrir que me desqualificaram por estar atrasado.

Em NENHUM torneio em que fui na Europa houve este tipo de desorganização, não só no Dead or Alive, mas agora no Soul Calibur também. Além de mim, mais quatro pessoas foram desqualificadas. Quando fui reclamar com o organizador, outro cara chegou tão pistolado que uma garota que tava no torneio teve que convencer ele a calar a boca. Depois disso, perguntei se podia fazer uma crítica construtiva ao torneio, e passei uns 10 minutos discutindo com o organizador o que poderiam ter feito para evitar tudo isto. Fiquei tão frustrado, que acho que não volto ao VSFighting no ano que vem.

Depois, voltei para a secção do Tekken.

VSFighting 2019

Lê Mais:  Café Com Farofa | Qual O Melhor Fighting Game Para Começares A Jogar?

Tekken 7

A minha pool começou uma hora e quarenta minutos atrasada… *sigh*

Tekken é um jogo que embora eu tenha-me dado muito bem naquele torneio da Irlanda, em que fiquei em terceiro lugar no começo do ano, desde o final do ano passado eu sempre sinto muitas dificuldades nas competições na Inglaterra e no centro da Europa. Então desde o The Mix-Up, estou mais focado em evoluir o meu jogo do que em ganhar necessariamente, e estou contente nesse sentido, pois sinto que o meu jogo está muito mais sólido do que em Março. Eu levei 1-2, mas os dois sets que eu perdi estavam muito disputados. Uma coisa que aprendi, que tenho que levar em conta entretanto, é o facto do input lag na PS4 ser maior ao do PC. Eu não faço double tapping em alguns golpes no Tekken, e isso fez-me dropar não só um mas DOIS combos que iriam matar o adversário e garantir-me o round. O esquema é fazer sempre double tapping em tudo na PS4.

No geral, este foi o torneio mais emocionante de assistir também, com mais de 350 inscritos, e foi também o maior torneio deste ano, sendo maior até que o Last Chance Qualifier do ano passado em Amsterdam.

VSFighting 2019

Lê Mais:  Comic Con Portugal 2018 | Estivemos No Maior Evento De Cultura Pop

Samurai Shodown

Começou no Domingo de manhã, e ao invés de ser as 10 da manhã do cronograma, começou ao meio dia….. Hahahahaha……..

Enfim, como não tenho esta versão (treino no V Special do PC), isto me deu muito tempo para jogar freeplay e praticar, e no dia anterior sempre que dava um pulo no segundo andar, ficava jogando umas partidas no Samurai Shodown para praticar também.

O meu primeiro oponente foi um deus japonês… Kazunoko. Tipo, para quem não joga jogo de luta vou explicar. Ele é LITERALMENTE um Deus dos jogos de luta, e é que ele é apelidado no Japão conjuntamente com outros 4 japoneses no Street Fighter.

Lê Mais:  Lisboa Games Week | Days Gone Estará Disponível No Stand Da PlayStation

Lutas assim para mim não são azar, são uma honra. Quer dizer, quantas pessoas tem a oportunidade de dizer que enfrentaram top players desse nível em torneios, ainda mais no começo da bracket? Essas são aquelas lutas que levas contigo para o resto da vida e não importa quanto tempo passe, irá sempre te lembrar, assim como me lembro da luta contra Tokido no Final Round 14, da luta contra Itabashi Zangief no Final Round 19, e da luta contra o Fergus em Fevereiro na Irlanda.

Sempre que enfrento estes jogadores, ele mostram-me como é o verdadeiro alto nível de competição de tal jogo, e sempre acabo evoluindo muito meu conhecimento com a luta!

Depois na Losers eu venci um jogador de Ukyo, e depois perdi para Haohmaru. Senti na pele a dificuldade de tentar sair-me bem em um jogo que nem possuo por não ter PS4, mas como Samurai Shodown é a minha série favorita dos jogos de luta 2D E (exactamente por ser SamSho) não requer input preciso nos combos, vou continuar tentando e entrando em todos os torneios que conseguir!

Lê Mais:  EVO 2019 | Acompanha o Maior Torneio de Jogos de Luta do Mundo

Encerramento

Para mim como competidor, VSFighting 2019 foi um pesadelo organizacional terrível. Mas como espectador este é um evento excelente, devido aos 4 ecrãs de jogo e à SALA DE CINEMA que este a passar um total  de 6 Top 8 diferentes e as pools do Dead or Alive. Se quiseres viajar como espectador para um torneio da Europa, não existe opção melhor que VSFighting, até porque é bem localizado e Birmingham é uma cidade excelente para se fazer turismo. Se fores como jogador (vulgo, a maioria esmagadora da comunidade), talvez seja melhor ponderar um pouco.

Os meus resultados finais:

Dead or Alive 6: 33 de 49 (0-2)

Soul Calibur VI: 49 de 65 (0-macetado)

Tekken 7: 193 de 359 (1-2)

Samurai Shodown: 49 de 81 (1-2)

Considerando que este foi o único torneio em que o organizador me deu DQ e o único torneio em que não tive nenhum 2-2 ou 3-2 em nenhum jogo, foi o meu pior desempenho na Europa até agora…

VSFighting 2019

Lê Mais:  Dead Or Alive 6 | Koei Tecmo Revela Novo Trailer E Disponibiliza Beta Test Do Jogo

Pros:

  • Sala de cinema, AEHOOOOO.
  • Setups suficientes para torneios e freeplay para todos os jogos, e a todo momento vais achar um setup do teu jogo para jogar.
  • Terminou cedo no Domingo (8 da noite).
  • Birmingham é excelente para passear e fazer turismo, e o evento é localizado num bairro muito bom da cidade.
  • Boa variação de jogos.
  • Acordo com uma pizzaria para trazer pizza brotinho a um preço absurdamente barato.

Cons:

  • Atrasos de mais de uma hora em diversos jogos.
  • Cronograma errado.
  • Falta de comunicação e transparência dos organizadores.
  • Torneios acontecendo de forma adiantada e resultando em diversas eliminações por conta disso.
  • Quatro andares e o evento acontecia em espaço aberto na maioria dos jogos, a sensação era a de quase estar no meio de um shopping jogando jogo de luta.

Veredito final: Excelente como espectador, mas um pesadelo como jogador, principalmente se participares em diversos jogos. Se compareceres, compareçe sempre no horário de abertura do evento para não correres o risco de ser eliminado por conta do cronograma erróneo.