Como nem tudo pode ser só sobre videojogos, hoje trago-vos algo bem interessante, vindo do mundo da realidade virtual. Já ouviste falar em Wander? Então prepara-te para uma viagem à descoberta do nosso mundo!

Lê mais:  Vader Imortal: Uma Série da Guerra das Estrelas Em RV - Episódio 2 | Análise

Wander é uma aplicação de realidade virtual, criada pela Parkline Interactive, que te leva a explorar os arredores do nosso mundo. Desde paisagens a monumentos e interiores, há uma quantidade quase ilimitada de locais a visitar. Dada a utilização de dados da Plataforma Street View de Google, podes ainda andar pelas estradas, sem medo de seres atropelado. Aliás, é até uma boa ferramenta para planeares o teu caminho, quando estiveres a planear uma viagem. É pena não ser em vista 3D, dado que estas vistas foram todas recolhidas em 2D.

Graças à integração com a Wikipédia, podes facilmente obter informações sobre os vários pontos de interesse, o que é espetacular!

Lê mais:  Shadow Point | Análise

 

Os controlos são bastante intuitivos, com a representação do que os botões fazem sob a forma de legendas. Também é possível, a qualquer momento, ocultar o menu, dando aquele momento para desfrutar das vistas sem nada a obstruí-las.

Mais do que um teletransporte, uma máquina do tempo!

Wander não só te dá a possibilidade de visitares as ruas de Paris ou até do Japão, como também de poderes escolher as datas em que estas fotos foram recolhidas. Isto é algo super útil e acredito que, com o passar dos anos, esta funcionalidade só vai tornar-se ainda melhor.

Lê mais:  Synth Riders | Análise

A possibilidade de facilmente se poder pesquisar através do microfone dos Oculus Quest dá uma enorme ajuda, pois escrever no teclado digital nem sempre é muito conveniente. No entanto, é necessário ter algum cuidado quando se fala, pois nem sempre este consegue captar nomes muito esquisitos. Já viste o que é estares a ditar Llanfair­pwllgwyngyll­gogery­chwyrn­drobwll­llan­tysilio­gogo­goch?

Se não souberes o que visitar, esta aplicação tem uma opção que te dá a escolher de uma lista de pontos de interesse conhecidos. Assim não tens mais desculpa para dizeres que não sabes onde ir a seguir. Além disto existe ainda um botão muito curioso que, uma vez pressionado, envia-te para um sitio completamente aleatório. Tanto podes ir parar a uma rua no meio da China, como podes ir parar a uma estrada, no meio do deserto.

Não estás sozinho nesta viagem!

Wander traz uma funcionalidade bastante interessante, no mínimo: um modo multi-jogador! Mas espera, não é bem como pensas! Neste modo, poderás criar ou entrar numa sala criada e em conjunto com amigos ou estranhos poderem ver o mesmo e também falarem uns com os outros. Isto deverá ser ideal para planear uma viagem, não?

Wander encontra-se disponível para os Headsets VR Oculus Go, Oculus Quest e Gear VR.

Conclusão da Crítica
Bem conveniente
7.5
Um fanático por Nintendo, de nome "Nintendista", que procura mostrar ao mundo o lado mágico da empresa que o acompanhou durante toda a vida.