Candyman | Segundo trailer da adaptação arrepiante de Jordan Peele

Já é conhecido o segundo trailer de Candyman. A versão contemporânea do arrepiante mito chega aos cinemas a 26 de Agosto. Escrito e produzido pelo vencedor de um Óscar Jordan Peele, o visionário realizador de Foge e Nós o filme, realizado pela americana Nia DaCosta (Little Woods), é uma visão contemporânea do clássico de culto dos anos 90 e conta com o actor norte-americano Yahya Abdul-Mateen II (nomeado para o Emmy de Melhor Ator Secundário pela minissérie Watchman) como protagonista.

Candyman é baseado num mito urbano norte-americano, segundo o qual se alguém invocar o seu nome cinco vezes em frente ao espelho, o temível personagem aparece e mata essa pessoa. Um assassino implacável, e uma entidade sobrenatural vingativa, o personagem aparece referenciado pela primeira vez no conto The Forbidden, do escritor e realizador britânico Clive Barker, publicado em 1985, adaptado para cinema em 1992 pelo realizador e argumentista Bernard Rose.  O filme superou as expetativas, ao combinar uma história de terror com mitos urbanos e injustiças sociais nas comunidades negras da cidade de Chicago. Com um gancho em vez de mão, Candyman rapidamente se tornou num personagem icónico do género de terror.

A nova versão de Candyman, conta com o actor norte-americano Yahya Abdul-Mateen II no papel de Anthony McCoy, um artista que se muda com a sua namorada Brianna Cartwright (Teyonah Parris) para o renovado e irreconhecível bairro de Cabrini Green, agora habitado, na sua maioria, por uma nova geração de millennials em ascensão social. Quando Anthony conhece a história de Candyman, este começa a inspirar a sua arte, ao mesmo tempo que oferece ao personagem de mão de gancho a oportunidade de voltar ao nosso mundo.

Lê mais:  Candyman | Nova obra aterrorizante de Jordan Peele estreia em Outubro

Realizado por Nia DaCosta, o filme transporta-nos para o personagem e as temáticas da versão original, que Peel considera como “um marco para a representação negra no género do terror”, ao explorar o tema do racismo, o linchamento e a desigualdade de classes, numa narrativa onde o terror se cruza com mitos urbanos e comentário social.

PosterDigital_Candyman (1)  

Sinopse de Candyman

Em o vencedor de um Óscar Jordan Peele lança uma nova versão do arrepiante mito urbano, que provavelmente conheceste através do irmão mais velho de algum amigo: o Candyman. A realizadora em ascensão Nia DaCosta (Little Woods) realiza esta versão contemporânea do clássico de culto.

Os moradores do bairro social Cabrini Green, em Chicago, foram sempre aterrorizados por uma história de fantasmas passada de boca em boca sobre um assassino sobrenatural com um gancho em vez de mão, facilmente convocado por aqueles que ousassem repetir o nome dele cinco vezes em frente a um espelho.  No presente, uma década após a demolição das últimas torres de Cabrini, o artista plástico Anthony McCoy (Yahya Abdul-Mateen II) e a namorada, a diretora de uma galeria Brianna Cartwright (Teyonah Parris), mudam-se para um condomínio de luxo em Cabrini, agora renovado, irreconhecível e habitado por millennials em ascensão social.

Com a sua carreira como pintor à beira de estagnar, um encontro casual com um veterano de Cabrini-Green (Colman Domingo) põe Anthony a par da assustadora e verdadeira história de Candyman. Ansioso por manter o seu estatuto no mundo da arte de Chicago, Anthony começa a explorar esses detalhes macabros no seu estúdio, como forma de inspiração para os seus quadros, abrindo sem querer uma porta para um passado complexo que desafia a sua sanidade e desencadeia uma onda aterradora de violência viral que o põe em rota de colisão com o destino.

Lê mais:  Lovecraft Country | Série de Misha Green com Jurnee Smollett estreia na HBO

Candyman, estreia a 26 de Agosto cinemas nacionais.