Estás num dia em que te apetece rir sem restrição ao ‘politicamente correto’, e aprecias um bom anime – clássico – carregado de humor negro? Então, Shin-Chan é a aposta certa para o teu momento!

Escrito e ilustrado por Yoshito Usui no ano de 1990, a sua edição era apresentada semanalmente na revista japonesa, MANGA ACTION. Posteriormente adaptado para animeesta obra fez o gosto dos elementos mais traquinas das famílias. Quem conhece Shinnosuke Nohara, não esquece esta personagem.

Shin Chan chegou a Portugal no ano de 2003, emitido pela SIC, cheio de adaptações, cortes e censuras. Mas só em 2009 através do canal Animax é que vimos a sua versão original na TV portuguesa sem censura.

A série tem lugar em Kasukabe, uma província de Saitama no Japão, e relata o dia-a-dia de um menino de 5 anos com a sua família, amigos, vizinhos, professores e outras personagens pontuais, sendo todos eles alvos da peculiaridade de Shinnosuke Nohara.

Intemporal, é a sua comédia e o seu humor negro. Numa época em que ser-se insolente é repreensível, eis que nos chega através do televisor, quem fizesse tudo aquilo que nos alertavam para não fazermos, e podíamos vê-lo fazer e com gosto!

Sim, é uma criança das ‘sem-vergonha’, pequena de tamanho mas gigante nas suas travessuras. Fala como um adulto, age como um adolescente, mas frequenta o jardim-de-infância. Preenche os seus dias a atazanar os demais. Conhecidos ou desconhecidos, ninguém está livre de perder o seu juízo com Shin – principalmente se este ‘cair de amores’ por alguma miúda mais velha, ou se estiver com vontade de comer bolachas de chocolate. A sua dedicação ao comportamento insolente originou a sua famosa dança – que no seu todo caracteriza em pormenor a essência de Shin Chan – a dança do c*zinho!

Neste patamar, é de informar a quem nunca assistiu a esta pérola que podem contar com: humor negro, sátiras, referências sexuais e várias espécies de insultos aos mais diversos níveis – preparem os vossos maxilares, pois vão precisar!

A personagem principal, tem um comportamento inadequado na maioria das vezes, é um facto, mas é isto também o que na verdade constitui o carácter inconfundível de Shinnosuke Nohara.

No Youtube podem encontrar diversos episódios de Shin Chan, em português de Portugal. Não percam a oportunidade de rir “à grande” com a “cara podre” de Shin, pois vale a pena dar uma vista de olhos a este clássico dos anos 90.