As notícias sobre um novo reboot de Superman, de momento a ser desenvolvido por J.J. Abrams, abalaram as redes sociais – isto depois de duas décadas à espera do projecto.

J.J. Abrams

O novo reboot de Superman

Uma das revelações mais bombásticas prendeu-se com o facto de que Henry Cavill não fará parte do elenco. De facto, o novo projecto não vai focar-se em Clark Kent – em vez disso, substitui-lo-á por uma outra versão do Último Filho de Krypton.

Que versão, perguntas tu? Tudo aponta para Calvin Ellis da Terra-23, já que o estúdio demonstrou interesse em contar a história do Superman negro. O papel ainda não foi atribuído a nenhum actor em particular, mas já existem candidatos: Michael B. Jordan (o qual já tinha sido abordado há uns anos atrás para um reboot semelhante, que não chegou a vias de facto), John Boyega (Star Wars) e até Regé-Jean Page (Bridgerton).

Calvin Ellis (também conhecido como Kalel) foi criado em 2009 pela DC como tributo ao Presidente Barack Obama – com o qual partilha a profissão – e tem vindo a receber imensa popularidade desde então.

A equipa por trás do reboot

A película será produzida por Hannah Minghella e Abrams através da sua companhia Bad Robot, e escrita por Ta-Nehisi Coates, conhecido jornalista e autor de vários livros, incluindo das bandas desenhadas Black Panther e Captain America. A sua escrita apoia-se no legado afro-americano, expondo o racismo e outros problemas sistemáticos do género nos dias de hoje, com sério envolvimento também na política.

Lê mais:  The Witcher | Todas as novas novidades da série da Netflix

O seu livro Between the World and Me, baseado numa carta escrita para o filho, obteve o prémio National Book Award em 2015 e foi adaptado pela HBO o ano passado.

Ta-Nehisi Coates

Tudo isto torna-o numa fantástica escolha para liderar o projecto. O mesmo teve a dizer:

“Ser convidado a participar no DC Extended Universe pela Warner Bros., DC Films e a Bad Robot é uma honra. Estou ansioso por contribuir de forma significativa para o legado do herói mítico mais icónico da América.”

Abrams adicionou:

“Existe uma história do Superman nova, poderosa e tocante à espera de ser contada. Não poderíamos estar mais entusiasmados por trabalhar com o brilhante Sr. Coates para ajudar a trazer essa história ao grande ecrã, e estamos para além de gratos à equipa da Warner Bros. pela oportunidade.”

O presidente da Warner Bros. Pictures Group, Toby Emmerich, deu o seu parecer:

Between the World and Me de Ta-Nehisi Coates abriu uma janela e mudou a forma de muitos de nós de ver o mundo. Estamos confiantes de que a sua interpretação de Superman dará aos fãs uma nova e empolgante maneira de ver o Homem de Ferro.”

Toby Emmerich

Mais informações

Alegadamente, a Warner Bros. pretende seguir os acontecimentos de The Flash, onde portas para outros mundos foram abertas. O estúdio focar-se-á em investir em filmes baseados nas personagens individuais em vez de crossovers, ao contrário do que a Marvel Cinematic Universe tem feito.

Lê mais:  The Witcher | Novas imagens do set revelam presença da Wild Hunt

Mas nem todos os fãs ficaram muito contentes com o envolvimento de J.J. Adams, lembrando que este “arruinou” dois filmes de Star Trek e de Star Wars, entre outros projectos pouco inspiradores, em que o mesmo deu prioridade a efeitos especiais ao invés de construir um enredo sólido e interessante. Sem falar que muitos preferiam uma sequela de Man of Steel, incluindo o próprio Henry Cavill.

Apesar de este não figurar no papel principal, é possível que tenha um cameo no filme, uma vez que ainda se encontra sob contracto com o estúdio e não será viável removê-lo completamente da franquia num futuro próximo; pelo menos, não sem complicações ocorrerem.

Até ao momento, não existe data de estreia prevista para o reboot de Superman.


E tu, o que achas deste reboot? Preferias uma sequela com Henry Cavill?