Passam-se quase 10 anos e Skyrim continua a ser uma referência na indústria, tendo cimentado um lugar na história como um dos melhores. Tendo escrito isto, não só Skyrim se destacou pela qualidade, mas também pela liberdade que a Bethesda deu aos jogadores com o motor do mesmo, lançando um dev kit para o público, de forma a que os modders pudessem dar asas à sua imaginação, e assim foi.

Hoje, talvez o epítome desta liberdade, vamos falar de Forgotten City, criado pela Modern Storyteller, começou como um mod de Skyrim, tendo-se libertado das “amarras” para um lançamento individual.

Acordamos à beira-rio ainda zonzos, onde encontramos uma personagem que nos coloca ao corrente, solicitando a nossa ajuda para encontrar uma pessoa que se perdeu nas ruínas que se encontram por perto. Estas ruínas levam-no ao ponto central do jogo, uma cidade perdida, repleta de arquitectura romana lindíssima (replicada ao pormenor).

Forgotten 1  

O objectivo do jogo passa por descobrir o caminho de regresso à civilização actual, visto que a “cidade perdida” se encontra num espaço temporal diferente do presente (beira-rio).

Ao longo do jogo interagimos com os habitantes da cidade, de forma a descobrirmos o que os levou ali, e como escapar, entre desafios que vamos encontrando. A história do jogo é bastante competente: não só a narrativa principal, como as sub-narrativas que se vão desenvolvendo à medida que progredimos, mantendo um tom misterioso até ao clímax.

Lê mais:  Jogos PT | KEO recebe novo trailer e Open Betas na Steam

Forgotten 2  

Forgotten City oferece uma alternativa para os jogadores que não são adeptos de horror/acção, permitindo uma campanha sem estes elementos, o que é sempre bem-vindo visto que cada jogador tem os seus gostos e desta maneira se agrada a mais.

A jogabilidade é relativamente básica, característica de um jogo de investigação, onde o diálogo é a nossa arma principal. Podemos correr, saltar e interagir com o ambiente, sendo que existem diversos tipos de interação, cujos não mencionarei de forma a não estragar a surpresa.

Forgotten 3  

O jogo é lindíssimo visualmente, com um contraste de cores frias no exterior, com a característica decoração romana em ouro dentro dos edifícios, tornando a nossa tarefa de explorar ainda mais apetecível. A banda sonora é relativamente passiva, servindo mais como acompanhamento ao nosso passeio, do que exaltação das situações.

Forgotten City já se encontra à venda na Steam e GOG para PC, e ficará brevemente disponível para PS4, PS5, Switch, Xbox One, e Xbox Series X/S.

CONCLUSÃO
Intrigante
8.4
forgotten-city-analiseForgotten City é um jogo que se apoia em Skyrim, e na nossa história, usando os pontos fortes de cada um para trazer à vida um mistério que merece ser desvendado. Embora curto, vem acompanhado de um preço justo (€29,99). Um produto humilde de uma equipa de três pessoas (!) convertido numa odisseia que irá espicaçar a curiosidade de qualquer amante de videojogos.