I Am: Celine Dion

A Amazon MGM Studios anuncia que vai distribuir, a nível global, o documentário sobre Céline Dion, I Am: Céline Dion. Realizado pela nomeada para os Óscares Irene Taylor, o documentário é um retrato de um tempo decisivo na vida e carreira de uma das artistas mais reconhecidas, respeitadas e bem sucedidas da história da música pop, Céline Dion. O documentário vai estrear na Prime Video como parte da subscrição Prime. Os subscritores da Amazon Prime em Portugal podem desfrutar de ofertas, envios gratuitos e entretenimento, tudo na mesma subscrição por apenas 4,99€ ao mês ou 49,90€ ao ano.

Esta exploração pessoal leva os espectadores numa viagem através do passado e do presente de Céline, que revela a sua luta contra a Síndrome da Pessoa Rígida (SPR) e os esforços que tem feito para continuar a cantar para os seus amados e leais fãs. Desde descobrir o seu guarda-roupa de alta-costura e objetos pessoais durante a digressão ou até visitar o estúdio de gravação, esta é uma carta de amor emotiva, enérgica e poética à música. I Am: Céline Dion capta mais de um ano de gravações, à medida que a lendária cantora navega no seu caminho para viver uma vida aberta e autêntica com a sua doença.

Céline Dion é uma superestrela mundial com uma carreira definida não só pela sua extraordinária ética de trabalho e paixão, mas também pela dedicação aos seus fãs. Este documentário é um retrato sincero e íntimo de uma altura crucial da sua vida e carreira, revelando o seu dia-a-dia enquanto tenta ultrapassar um diagnóstico impensável. Sentimo-nos honrados por nos ter sido confiada a sua história e estamos ansiosos por partilhá-la com o público da Prime Video em todo o mundo.”

Jennifer Salke, Head da Amazon MGM Studios

O documentário, que foi produzido pela Sony Music Vision em colaboração com a Sony Music Entertainment Canada e a Vermilion Films, vai estar disponível exclusivamente na Prime Video em mais de 240 países e territórios em todo o mundo. A estreia na Prime Video será anunciada em breve.

Lê mais:  THEM: The Scare | Prime Video revela as primeiras imagens da segunda temporada

O último trabalho da cineasta Irene Taylor, vencedora de um Emmy e nomeada para um Óscar, Trees and Other Entanglements, estreou no ano passado na HBO e explora a obsessão da humanidade pelo mundo das árvores. Taylor também ganhou recentemente o Prémio Columbia-DuPont pela sua trágica investigação a uma das instituições mais fiáveis da América, The Dark Side of the Boy Scouts.

Estreado em 2019 no Festival de Cinema de Sundance e posteriormente nomeado na categoria de Mérito Especial em Criação de Documentário nos Primetime Emmys de 2020, Moonlight Sonata: Deafness in Three Movements conta a história pessoal de Taylor sobre o filho e pai surdos, e sobre Ludwig Van Beethoven ter ficado surdo enquanto compunha a sua famosa sonata. Outros trabalhos incluem Hear and Now, que ganhou o Prémio do Público em Sundance em 2007; Beware the Slenderman, que recebeu nomeações para os Emmy e dois Critic’s Choice Awards; The Final Inch, que recebeu nomeações para os Óscares e múltiplos Emmy; Saving Pelican Number 895; One Last Hug: Three Days at Grief Camp; Open Your Eyes; e Between Sound and Silence.

Desde que entrou no mundo musical aos 13 anos de idade, Dion vendeu mais de 250 milhões de discos durante os seus 40 anos de carreira. Depois de ganhar cinco Grammys, dois Óscares, o prémio Icon Award for Lifetime Achievement dos Billboard Music Awards de 2016 e o reconhecimento nos World Music Awards de 2004 como a artista feminina mais vendida da história, Dion continua a bater recordes. Com êxitos número um em filmes de grande sucesso, incluindo “Ashes” (Deadpool 2), “My Heart Will Go On” (Titanic) e “A Bela e o Monstro”, é uma força na indústria e tornou-se uma nova referência de excelência.

Lê mais:  Fallout | Prime Video revela o trailer da série original

Em 2021, Dion enfrentou a difícil decisão de cancelar a sua tão esperada residência em Las Vegas devido a problemas de saúde. Depois, em dezembro de 2022, a cantora teve a coragem de revelar a sua luta contínua contra a Síndrome da Pessoa Rígida, que acabou por levar ao cancelamento da sua Courage World Tour. Apesar destes obstáculos, Dion continuou a perseverar e a dedicar-se à sua arte, enquanto concentrava a sua atenção na recuperação. Em 2023, voltou a mostrar o seu talento na comédia romântica Love Again e lançou cinco novas canções para acompanhar a banda sonora do filme.

“Estes últimos anos têm sido um desafio para mim, uma viagem desde a descoberta da minha doença até saber como viver com ela e geri-la, mas não deixando que me defina. À medida que continuo em direção ao objetivo de retomar a minha carreira artística, apercebi-me do quanto senti falta de ver os meus fãs. Durante esta ausência, decidi que queria documentar esta parte da minha vida para tentar aumentar a consciencialização sobre esta doença pouco conhecida e para ajudar outros que também sofrem com este diagnóstico.”

Céline Dion

O documentário foi produzido por Irene Taylor, Stacy Lorts e Julie Begey Seureau para a Vermilion Films, e Tom Mackay para a Sony Music Vision. Dave Platel e Denis Savage são os produtores executivos da Les Productions Feeling, juntamente com Shane Carter da Sony Music Entertainment Canada e Krista Wegener da Sony Music Vision. A venda foi negociada pela Sony Music Vision.