Para os fãs de Party Games e entusiastas da realidade virtual, hoje trago uma combinação destes dois géneros, chamada de Acron: Attack of the Squirrels! Mas do que se trata este jogo, e mais importante, valerá a pena jogá-lo? É isso que vais descobrir!

Lê mais:  Mario Kart Tour | Nintendo Adiou O Lançamento Do Jogo

Desenvolvido pelo estúdio Resolution Games, Acron: Attack of the Squirrels! trata-se de um jogo de diversão e de competição. Neste, um jogador que possui os óculos de realidade virtual, desempenha o papel de uma árvore. O mesmo luta contra 2 a 8 outros jogadores, que utilizam os seu telemóveis para se conectarem ao jogo, sendo estes os esquilos que procuram roubar as bolotas da àrvore. Isto é feito com recurso a uma app, que poderá ser descarregada para iOS e Android.

Uma maneira muito simples e divertida de se jogar

O objectivo do jogo é muito simples: a árvore terá que proteger as 4 bolotas que estão ao pé dela de serem roubadas pelos esquilos. Para isso, a árvore possui duas mãos e três tipos de objectos arremessáveis que poderá lançar aos esquilos. Contudo, estes últimos também possuem habilidades que os vão ajudar na caça à bolota.

Uma vez que o tempo de jogo termine, ganha a árvore, caso consiga defender as bolotas, ou os esquilos, caso consigam colocar todas as bolotas na sua base.

Existem 4 tipos de esquilos que os jogadores podem escolher:
Zip – perspicaz e leve, ela é o esquilo mais rápido deles todos com a habilidade de correr rápido;
Chunk – Um esquilo grande e gorducho que tem a habilidade de proteger-se a si e aos outros esquilos com um grande escudo;
Doug – Este consegue trabalhar na terra, criando túneis que conseguem levar não só ele como os outros esquilos até outros locais em segurança;
Sim – Por fim, este esquilo consegue construir plataformas verticais, muito à semelhança de Fortnite;

 Enquanto esperas que os teus amigos entrem no jogo, podes jogar contra um CPU

Ao início é completamente normal que ninguém saiba o que cada um consegue fazer e como abusar das habilidades. Contudo, numa questão de meia hora, o pessoal já consegue fazer manobras de distracção super elaboradas. Isto dado que todos estejam em constante comunicação, fora dos ouvidos do jogador-árvore.

Entretanto, do outro lado, a árvore para além do seu armamento, tem ainda a possibilidade de utilizar as próprias mãos para agarrar nos malandros e atirá-los pelo ar (isto utilizando os comandos VR). Além disso, o jogo conta com um assistente de mira, que ajuda bastante as pessoas que tenham falta de pontaria. Algo que poderá ser visto como batota em alguns casos.

Gameplay agradável e uma música “dissolvida” na diversão

Vindo dos criadores de Angry Birds VR: Isle of Pigs não poderia esperar nada mais do que uma excelente qualidade de apresentação! Cores garridas, texturas simples e cartoonistas dão um toque mesmo único.

O jogo é um autêntico VÍCIO!

Existem 6 tipos de campo diferentes. Cada um tem um estilo bem distinto dos outros, conseguindo criar experiências diferentes a cada sessão de jogo. Estes mais uma vez impressionam com o seu estilo colorido, que combina com tudo o resto no jogo. Contudo, ao fim de umas horas de jogo, começa a parecer repetitivo ver sempre estes 6 campos. Mas certamente mais campos virão, espero eu…

Lê mais:  Pokémon GO | Giratina Estará Presente Nas Raids!

Os controlos de jogo estão perfeitos nos Oculus Quest, plataforma onde joguei este titulo. Sem nada a apontar. Já no telemóvel, isso poderá depender de muitos factores. Considerando que todos tenham um telemóvel no mínimo decente, o jogo correrá sem problemas.

Focando na experiência com a ligação de Internet, esta dependerá obviamente da qualidade e velocidade da mesma. Na maior parte do tempo obtive uma boa conexão, sem lags ou quebras. Contudo, estas poderão haver, por isso fica o aviso.

No sector de audio, o jogo também conta com uma pequena gama de músicas que se “dissolvem” muito facilmente. O que quero dizer com isto é que pelo facto de estares tão concentrado a jogar o jogo, não te dás conta dela. Isto não é necessariamente uma critica à música, mas apenas uma observação.

Acron: Attack of the Squirrels! já se encontra disponível nas plataformas Oculus, HTC Vive e Steam VR.