Parece que todos os cruzamentos escondem agora uma referência ao novo Crash Team Racing Nitro-Fueled… E eu não quero fugir à regra. Assim sendo, deixo-vos aqui a retro-análise ao clássico Crash Team Racing (1999), o original desenvolvido pela Naughty Dog.

Quando foi lançado, em Junho de 2017, Crash Bandicoot N.Sane Trilogy trouxe para a PlayStation 4, os três primeiros títulos protagonizados por Crash. Como consequência, grandes e recentes fãs dos originais não resistiram à compra, e acabaram por se render à nostalgia. Memórias de há anos acabaram então por se reavivar, com novas cores e mais brilho e definição.

Ainda assim, a satisfação não pareceu durar muito. Quase de imediato, embora disfarçado de sugestão, um novo pedido de remastered acabou por saltar da comunidade. Falava-se então de Crash Team Racing (CTR), o quarto do universo Crash Bandicoot, mas o primeiro sobre rodas.

Lê mais:  Snatcher | Retro-Análise

Crash Team Racing foi originalmente lançado há cerca de duas décadas, no último trimestre de 1999. Acelerando pelo mundo, CTR trouxe-nos uma mão cheia de Modos de Jogo e várias personagens jogáveis. Entre as personagens, encontramos os protagonistas, Crash, Coco e Dr. Neo Cortex, para além de outras caras bem conhecidas.

Acima de tudo, CTR procurou fugir ao minimalismo associado a outros títulos de Racing. Nesse sentido, a Naughty Dog apostou em modos Batalha e Aventura, para além dos clássicos Versus, Arcade e Contra-Relógio. A narrativa torna-se assim um foco da estrutura, assumindo um papel privilegiado em comparação com outros jogos do género.

Muitos títulos de Racing, embora convidativos, acabam por ver colidir os seus pontos fortes e pontos fracos. Mesmo não existindo uma linha que encerra o jogo, esgotam-se inevitavelmente as técnicas para surpreender e cativar o jogador. Ainda assim, em títulos mais recentes, podemos encontrar frequentemente pontos, rankings e níveis. Formas de agarrar o jogador e prolongar a experiência de jogo, incluindo através do desbloqueio de personagens e personalizações.

Em Crash Team Racing, vemos então um trabalho narrativo que procura contornar a espiral do loop. Com passos que assentam na conquista de objectivos, a história avança progressivamente e, desta forma, o próprio Modo Aventura.

Crash Team Racing

Lê mais:  PlayStation | Saldos de Janeiro da PlayStation Store

Explorando a energia e a competição de um modo único, CTR acaba por se relevar, sem dúvida, bastante envolvente e cativante. Através de pistas temáticas e weapons coloridas, Crash Team Racing permite ao jogador conduzir o seu próprio caminho e derrapar por diferentes modos de jogo.

20 anos passados, Crash Team Racing Nitro-Fueled prepara-se para chegar à PlayStation 4, à Xbox One e à Nintendo Switch. A versão melhorada de CTR tem data de lançamento prevista para Junho de 2019.

Deixa uma resposta

Por favor deixa aqui o teu comentário
Por favor deixa aqui o teu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.