Dragon Quest Builders foi um dos meus videojogos favoritos da Nintendo Switch no ano passado. A mistura de Minecraft e de RPG com a temática de Dragon Quest, trouxe algo que já não via há algum tempo. Agora, um ano depois, eis que nasce uma nova sequela: Dragon Quest Builders 2. Mas o que será que esta nova entrada no mundo da construção trouxe até nós? Vamos lá ver!

[irp]

Uma Sequela do Primeiro Dragon Quest Builders

Esta estória começa pouco depois da prequela, onde Hargon e Malroth são derrotados pelo Herói construtor. Contudo, o pesadelo acabou por voltar pouco tempo depois, pois os proclamados Children of Hargon chegaram, atormentando o mundo inteiro e proibindo qualquer tipo de construção por parte dos humanos.

A tua personagem, masculina ou feminina, escrava num navio cheio de monstros, vê-se libertado/a, quando o navio onde estava aprisionado é destruído. Juntamente com ele/a, Malroth e uma rapariga caem ao mar, chegando, mais tarde, a uma ilha. Com as apresentações feitas entre estes, fica como tarefa definida conseguir reconstruir a ilha. Contudo, para isso acontecer, terás que viajar até outras ilhas e recrutar novas pessoas, ao mesmo tempo que lhes salvas a vida das garras dos mauzões de Hargon.

Dragon Quest Builders 2

[irp]

O que posso dizer é que a estória deste jogo é massiva. Sem brincadeira, demorei cerca de 60 horas a terminar. Talvez seja possível terminar em menos tempo, mas acredito que este número será suficiente para poderes desfrutar do jogo calmamente. Em todo o caso, a história está minimamente sólida e interessante, com umas reviravoltas bastante curiosas, umas previsíveis e outras que me apanharam de surpresa.

Algumas melhorias, mas ainda falta algo…

A magia da construção ainda se mantém aqui. Tens uma panóplia de materiais que poderás utilizar na construção de casas, terrenos para cultivar, linhas de defesa contra inimigos, etc…

COMPARANDO com a prequela, reparei que existem aqui muitoS mais materiais à minha disposição.

Outra coisa que notei de imediato, foi que as armas e ferramentas já não se partem com o tempo. Isto era um “pequeno” problema que tinha na altura com o original. Mas agora já não tenho que me preocupar mais com isso! Entretanto, a separação entre a arma e as várias ferramentas de construção também deu uma grande ajuda. Agora já não tens que andar a trocar à pressa entre o martelo e a tua espada, já que a arma corresponde a um botão especifico.

Dragon Quest Builders 2

[irp]

No entanto, o que ainda me desiludiu foi o facto de não haver variedade de armas, nem um sistema de combate mais desenvolvido. O facto de estares constantemente a pressionar o mesmo botão, já não impressiona o suficiente. A habilidade especial que tu e Malroth executam, uma espécie de ataque especial, que espeta com um dano massivo em todos os inimigos em redor, é algo interessante e ajuda bastante. Mas mesmo assim, falta algo mais…

Novas mecânicas

Dragon Quest Builders 2 conta com novas mecânicas. Uma delas é a técnica de planar no ar, ao estilo de Breath of the Wild, que permite-te deslocares-te entre grandes distâncias num curto espaço de tempo. Contudo, esta não é a única referência a Zelda: os mini-puzzles espalhados pelas várias ilhas funcionam como as sementes Korok. Uma vez que resolvas um, recebes uma medalha, que poderás trocar mais tarde por itens únicos.

Podes agora contar com um modo primeira pessoa, que se assemelha muito ao estilo de Minecraft

Agora, tens também a possibilidade de mergulhar nos oceanos cúbicos. Esta é mais uma área que anteriormente não poderia ser explorada. Juntamente com isto, agora tens acesso a um jarro sem fundo. Com este jarro, podes recolher um tipo de líquido, seja água ou lava, e despejar uma quantidade infinita onde quiseres. Esta nova ferramenta é bastante útil, tanto para a construção como também para cozinhar.

Dragon Quest Builders 2

[irp]

A certo ponto, chegarás a certas mini ilhas onde terás que fazer uma espécie de caça ao tesouro. Uma espécie de bingo, onde tens que achar todos os materiais de uma lista que te é dada. Uma vez que consigas achar todos eles, terás acesso ILIMITADO a um tipo de material. Seja este madeira ou pedra, o que interessa é que isto dá uma GRANDE ajuda nas tuas criações/construções.

Estas e outras pequenas mecânicas vão sendo apresentadas ao longo da tua jornada. Por isso, não quero estragar-te a experiência contando tudo o que existe nela. O que te posso dizer é que até ao fim da estória, ou até mesmo depois desta terminar, terás sempre novas coisinhas a serem-te apresentadas.

NPCs mais inteligentes

Os NPCs em Dragon Quest Builders 2 possuem agora uma inteligência superior aos da prequela. Digo-te isto porque agora, ao criares uma casa de banho, ou um chuveiro, estes vão fazer as suas necessidades. No entanto, caso haja já alguém lá, eles fazem fila lá fora, como cidadãos educados. Isto é uma pequena amostra do que estes conseguem fazer, pois o melhor está ainda para vir.

Dragon Quest Builders 2

[irp]

A grande e espectacular adição à inteligência artificial destes NPCs, é a capacidade de estes conseguirem construir grandes estruturas a partir de uma planta de construção. Desde que os materiais necessários estejam metidos num baú por perto, cada um pegará num bloco e o colocará no sítio certo. É algo mágico de se ver, especialmente quando tens uma estrutura gigantesca por montar.

Um novo modo Online

Dragon Quest Builders 2 conta com um novo modo online onde podes, juntamente como mais três amigos, jogar na ilha principal. Aqui podem construir e aventurar-se pelo terreno  fora. É uma adição que já fazia falta na prequela e que agora foi colocada a pedido dos fãs. Além disto, podes também visitar outras ilhas, criadas por outros jogadores de todo o mundo e ver as maravilhas criadas por eles. Esta é uma óptima ferramenta para recolher ideias para a próxima construção.

Dragon Quest Builders 2

[irp]

Outra coisa gira é que agora também podes tirar fotos (selfies), que poderás publicar para que todos possam ver. Eventualmente, quando o jogo está a carregar, podes ver algumas fotos aleatórias tiradas pela comunidade.

A Performance e banda sonora

A minha versão de Dragon Quest Builders 2 é a da Nintendo Switch. E esta talvez tenha sido a melhor versão para mim, já que passei muitas vezes o meu tempo fora de casa, e ter este jogo em modo portátil ajudou imenso. Contudo, a performance nesta plataforma híbrida não parece estar totalmente optimizada. Existem bastantes reduções da taxa de frames, especialmente durante as construções automáticas. Isto tanto em modo Dock como em modo portátil. Chega por vezes a ser um verdadeiro incómodo! Com isto em mente, posso dizer-te que ainda assim, consegui ter uma experiência minimamente agradável. Mas espero por futuras optimizações através de actualizações!

Dragon Quest Builders 2

[irp]

No que toca à apresentação visual, Dragon Quest Builders 2 consegue surpreender com as suas cores vivas e as suas personagens, desenhadas ao estilo de Akira Toriyama. Além disso, os cenários conseguem ser magníficos e mostram o quão belo este jogo é.

Por fim, a música continua excelente, com muitas das músicas a serem recolhidas dos jogos principais de Dragon Quest. Há sempre algo nelas que, não sei como, mas consegue entrar na minha cabeça e não sair mais de lá. Com isto, fica o meu selo de aprovação!

Dragon Quest Builders 2 encontra-se disponível para a Nintendo Switch e Playstation 4.

Deixa uma resposta

Por favor deixa aqui o teu comentário
Por favor deixa aqui o teu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.