Hoje trago-te um videojogo completamente viciante e divertido. Se adoras patos e se gostas de party games então apresento-te o Duck Game!

Vindo do estúdio Adult Swim e desenvolvido por Landon Podbielski, Duck Game leva até nós uma frenética batalha entre patos, num mundo de plataformas cheio de pixeis. Apesar de este videojogo já ter 5 anos, tendo sido lançado em outras plataformas, só recentemente chegou à Nintendo Switch. Contudo, só soube da existência deste videojogo através do trailer para a híbrida da Nintendo, que me deixou bastante curioso!

Lê mais:  Effie | Análise

Gameplay

As mecânicas de jogo são muito simples. Apanha a arma mais próxima e parte para a batalha, derrotando os outros jogadores. Mas atenção, só tens uma vida, pelo que tens que pensar muito bem na tua estratégia.

As partidas são feitas em várias rondas, sendo que em cada uma o cenário vai mudando, obrigando-te a adaptares constantemente o teu tipo de estratégia. A cada vitória, o vencedor recebe 1 ponto, e uma vez que o jogador chegue aos 10 pontos, este será o grande vencedor.

Duck Game

Lê mais:  Spider-Man: Miles Morales | Análise

Até 4 jogadores podem participar nas partidas, seja em local, online ou até mesmo ambos. O que é bem conveniente já que por vezes não temos amigos por perto para jogar.

Gostei bastante do ritmo rápido com que tudo acontece. As batalhas são muito rápidas, não durando mais do que uns 30 segundos, o que é bastante bom, para quem não quer ficar de fora muito tempo.

Personalizações e Conteúdo Adicional

No que toca à personalização, os teus patos têm uma boa variedade de chapéus, cada um mais louco que o outro! Entretanto, se dois jogadores escolherem o mesmo chapéu, estes tornam-se numa equipa, dando lugar a uma Team Battle! Além disso, conforme vais jogando, vais recebendo mais itens, alguns dos quais podes até utilizar para decorar o teu espaço no lobby!

Se és daqueles que gosta de construir os seus próprios cenários, Duck Game oferece-te essa mesma experiência. Utilizando uma vasta gama de recursos, é possível criar uma panóplia de níveis que poderás utilizar nas tuas partidas!

Duck Game

Lê mais:  Indie World De Outono| As Novidades Reveladas

Para além do modo de batalha, podemos ainda contar com uma secção de desafios para um jogador. Aqui podes treinar com o teu pato a tua velocidade de reacção, pontaria e agilidade, recebendo bilhetes como prémio. Estes bilhetes podem mais tarde serem utilizados na loja, para adquirires novos itens, e entre estes estão modifiers de jogo.

Modifiers são extras que tu podes implementar nas partidas, modificando o comportamento de alguns itens ou até mesmo dos patos. Dois exemplos que te posso dar é o Moon Gravity, onde a gravidade é reduzida, e o Empty Guns Explode, em que as armas explodem assim que ficarem sem munição. Esta é uma boa opção para evitar cair na mesma rotina, dando mais uma variável para nos preocuparmos.

Apresentação e Banda Sonora

No que toca à apresentação, não existe muito para falar acerca do mesmo. Contudo posso dizer que está bem desenvolvido sendo um videojogo em Pixelart. Talvez seja por isso que Duck Game tenha aquela essência humorística.

Duck Game

Lê mais:  PlayStation | Descontos Duplos na PlayStation Store com jogos a 20€

Por fim, no que toca à qualidade sonora, Duck Game não contém algo digno de se ouvir fora das sessões de jogo. Contudo, é algo que foi bem adaptado e pensado para o estilo de videojogo “parvo” que é.

Duck Game já se encontra disponível para as plataformas Ouya, Steam (PC), PlayStation 4 e Nintendo Switch.

Deixa uma resposta

Por favor deixa aqui o teu comentário
Por favor deixa aqui o teu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.