O Sonic The Hedgehog é um ouriço supersónico que, devido à sua atitude e valores desde 1991, se tornou a imagem e mascote da Sega até hoje.

Sonic the Hedgehog Sega

Criado pelas mentes de Yuji Naka e Naoto Ohshima, Sonic sofreu várias fases até ao seu aspecto final. Inicialmente, Sonic foi concebido para ser um vulgar rapaz humano, mas a produção temia que Sonic fosse demasiado semelhante a Alex Kidd, a mascote da Sega na década de 80.

Com base nisto, a equipa decidiu adoptar formas mais fantasiosas: o primeiro protótipo foi com Feel, um coelho que usaria as suas orelhas para atacar (mais tarde, este design foi usado para a criação de Ristar). Contudo, era lento, e falhava na apresentação da identidade da nova consola da Sega; faltava atitude, faltava velocidade. Foi com base nestes conceitos que a dupla apresentou o Mr. Needlemouse, o conceito inicial de Sonic.

Sonic the Hedgehog Bill Clinton

Por incrível que pareça, a criação de Sonic partiu de diversos conceitos, que parecem fora de contexto. O seu design foi herdado de Felix The Cat, e a cor azul não só partiu da cor da Sega como simbolizava movimento e velocidade. A sua atitude foi herdada do presidente dos Estados Unidos: Bill Clinton, que também foi conhecida por ser irreverente e destemida. Os dois últimos fatores, ou seja, os sapatos e escolha do animal ouriço, partiram dos moldes de Michael Jackson e do Pai Natal, por serem futuristas e de cor vermelha. Finalmente, a escolha deste animal, simplesmente, partiu do facto de um ouriço enrolado simbolizar velocidade e mobilidade.

Lê mais:  Lost Judgment | Ryu Ga Gotoku anuncia a sequela de Judgment já para este ano!

Com todos estes factores em total sintonia, Sonic The Hedgehog foi criado. Este seria a completa antítese do Super Mario, porque a Sega sabia que as crianças que jogaram Super Mario seriam agora adolescentes, e procuravam outro tipo de conceito de jogo e identidade.

Sonic foi apresentado, publicamente, pela primeira vez, através de um cartaz pela banda de música japonesa Dreams Come True.

Sonic The Hedgehog ficou conhecido como um ouriço super-sónico, rebelde, aventureiro, incapaz de ficar impune frente a injustiças e que preza a sua liberdade acima de tudo. Sonic também é um jovem ambientalista e este acontecimento é exemplarmente descrito no primeiro jogo. Dr. Eggman é um cientista que chega a ilha onde Sonic vive, e começa a transformar os seus amigos em máquinas mortais para a construção de uma arma, chamada Death Egg. Este evento não é notório no primeiro jogo, mas a poluição gerada pelo cientista é sentida, especialmente na versão 8 bits do Sonic, na qual Sonic usa o poder das Chaos Emeralds para limpar a ilha de todo o fumo e poluição. Desde este jogo, esta mensagem não se tornou tão evidente, mas o sentimento certamente ecoa em todos os jogos.

Sonic the Hedgehog

O legado de Sonic The Hedgehog (que, caso não saibam, é o seu nome completo) continua a ser sentido nos dias que correm. Foi o percursor de uma série de mascotes, não só na Sega, como fora desta, e transformou toda uma indústria.

Lê mais:  Playstation Now | Julho traz um dos melhores meses de sempre do serviço!

Foi uma das primeira personagens e franquias a tornarem-se num fenómeno de marketing. Sonic receberia inúmeros produtos, desde séries de TV de animadas, comics, roupas… Enfim, Sonic estava presente nas bocas de todo o mundo.

Recentemente, recebeu uma adaptação ao grande ecrã, que contrariamente ao que se pensava, foi bem-sucedida, e prepara um regresso em grande depois de anos nas sombras e de jogos abaixo da qualidade inicial.


E tu, já conhecias a história do Sonic the Hedgehog?