A Squared Potato teve a honra de conseguir entrevistar uma pequena equipa portuguesa que está a desenvolver o videojogo indie intitulado Ophelia. Para quem não sabe, Ophelia é um jogo de ritmo 2D que gira em torno de uma jovem bruxa e está a ser desenvolvido por duas estudantes do curso de Videojogos da Universidade Lusófona.

Ophelia Jogos PT

Confere a entrevista desta edição de Jogos PT:

AM (Andreia Mendes): Para começar, como surgiu a ideia para o conceito principal do jogo e a sua história?

  • Ambas gostamos de jogar jogos de ritmo, por isso, sendo que a faculdade é um sítio onde podemos explorar várias ideias, e como tínhamos uma ideia de jogabilidade diferente e que nunca tínhamos visto ser feita, decidimos fazê-lo. O tema da história veio um bocado de este tipo de jogos ter sempre muitos brilhos e efeitos. Achámos que magia e bruxas era uma óptima combinação para o nosso jogo.

AM: Tendo em conta que jogos de ritmo têm-se tornado cada vez mais populares, como é o caso do osu!, Love Live e Bang Dream, houve alguns destes títulos ou outros do mesmo género que serviram de inspiração?

  • Sim! Ambas jogamos Bang Dream, por isso foi uma das principais inspirações para jogabilidade e efeitos que queríamos no nosso jogo. Outro jogo que nos serviu de inspiração foi o Voez, que é outro que ambas gostamos, principalmente do estilo artístico, e foi daí que tiramos inspiração para o nosso.
Lê mais:  Jogos PT | MAD Eleva o Belicismo da Roma Antiga

Ophelia Jogos PT

AM: Como está a ser a experiência de desenvolver um projecto tão ambicioso, com apenas uma equipa de duas pessoas? Em termos de apoios, também recebem algum tipo de financiamento por parte da Universidade?

  • Não tem sido nada fácil, principalmente porque nenhuma das duas é da área da programação. Por isso, tem sido um desafio enorme para nós, embora tenhamos sentido um grande apoio por parte dos nossos colegas que se ofereceram múltiplas vezes para nos ajudar, assim como professores. Não recebemos nenhum apoio financeiro por parte da faculdade, mas sim apoio no acompanhamento dado pelos docentes.

AM: Pelo que entendi, Ophelia vai ter modo multiplayer local. Podem explicar-me melhor como esse modo irá aplicar-se com a mecânica do beatmap?

  • Como no nosso jogo as notas vêm do meio para as extremidades do ecrã, no modo multiplayer local cada jogador pegará no telemóvel em cada lado para competir com o oponente, como se vê nesta imagem:

Ophelia

AM: A história do jogo vai ser contada apenas por ilustrações. Quanto tempo estas demoraram a ser criadas e que estilo artístico decidiram por enveredar?

  • Demoramos três ou quatro dias em cada ilustração, sendo que a Inês Nunes faz a composição e “lineart” da imagem e a Inês Gonçalves pinta e dá os retoques finais. O estilo que decidimos usar foi com inspiração nas ilustrações do Voez, ou seja, um aspecto um pouco mais desenhado e não muito polido. Ophelia foi inspirada no anime Doremi e na série Little Witch Academia.

AM: Jogos de ritmo são conhecidos por exigirem precisão e bons reflexos. Ophelia vai escalar muito em termos de dificuldade para puxar estas habilidades ao limite?

  • A forma como estamos a encarar a dificuldade no nosso jogo é que cada música tem uma única dificuldade, por isso há umas que são mais fáceis e outras mais difíceis.
Lê mais:  Jogos PT | Chama da ST Studios Consciencializa para o Combate a Incêndios

Ophelia Jogos PT

AM: Existem futuras adições que estão a planear para o jogo?

  •  Talvez, depende de como o jogo é recebido. Caso corra de forma positiva, poderemos adicionar mais músicas e história.

AM: Em que fase de desenvolvimento se encontra actualmente Ophelia? Já poderão indicar alguma pista relativamente a uma altura de lançamento?

  • Neste momento, o jogo encontra-se em hiatos devido a situações da vida pessoal de ambas. Por isso não sabemos quando é que o vamos conseguir finalizar.

Ophelia Jogos PT

AM: Em que locais os jogadores podem acompanhar o desenvolvimento do vosso projecto?

AM: Muito obrigada pelas respostas e pela vossa disponibilidade. Desejo tudo de bom para o vosso videojogo e espero poder experimentá-lo em breve. Sendo a fã que sou com jogos de ritmo, tenho que admitir que estou muito entusiasmada para ver o resultado final do vosso projecto!

Ophelia será lançado para dispositivos móveis.

Deixa uma resposta

Por favor deixa aqui o teu comentário
Por favor deixa aqui o teu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.