A Nintendo sempre foi conhecida por levar a todos os seus fãs experiências bastante originais e inovadoras, quebrando todos os moldes de um típico videojogo. Desde a chegada da Nintendo Switch, já obtivemos dois títulos que vieram a provar isso mesmo. Nintendo LABO conseguiu transformar cartão em criações fantásticas que deram asas à imaginação de muitos, enquanto que Ring Fit Adventure conseguiu fazer com que muitos de nós começássemos a fazer mais exercício à medida que nos divertimos a jogar.

Agora, em comemoração dos 35 anos de Super Mario, eis que a Nintendo decidiu entrar com mais um dos seus jogos fora do comum, utilizando Mario Kart como base para criar uma nova experiência de jogo chamada de Mario Kart Live: Home Circuit!

Desenvolvido pela Velan Studios, Mario Kart Live: Home Circuit é um jogo de realidade aumentada que envolve um Kart físico com uma câmara de vídeo incorporada. Esta consegue transmitir vídeo directamente para a consola, dando-te a experiência de estares mesmo a conduzir o teu Mario Kart num espaço físico.

O Kart

Até agora existem dois Karts disponíveis, o do Mario e o do Luigi. Ambos os veículos são exactamente os mesmos, apenas diferindo na cor e na personagem que vai a guiar.

O Kart em si têm um tamanho considerável (cerca de 20cm x 11cm x 9cm) mas nada que não o permita circular à vontade pelos espaços mais pequenos da tua casa (a menos que esta seja MESMO muito pequena).

Mario Kart Live: Home CircuitUma vez instalado o software do jogo, que apenas está disponível na Nintendo eShop em formato digital, emparelhar o Kart é algo bastante simples. Um QR code aparecerá no ecrã da tua Nintendo Switch, em que terás que apontar a câmara do Kart para que este faça o scan e emparelhe com a consola. Uma vez feito, um pequeno tutorial ensina-te todos os comandos básicos. Super fácil!

Ver o mundo real através do Kart é algo deveras incrível! É algo que nos faz querer explorar todos os cantos possíveis, numa perspectiva completamente diferente. Contudo, se tiveres animais, prepara-te para te divertires ainda mais, pois estes vão certamente ter uma enorme curiosidade em seguir-te nestas aventuras!

À medida que vais jogando e colecionando moedas, irás desbloquear novos itens de personalização para Mario e para o seu carro. Estes aparecerão no ecrã de jogo, por cima do Kart físico, dando a ilusão que estás a conduzir outro carro!

Os circuitos

Graças aos pórticos de cartão que vêm incluídos na caixa, podes colocá-los em pontos específicos da tua casa para criares um circuito personalizado. Esta é a derradeira diversão que te espera quando meteres as mãos num Kart destes!

A criação destes percursos são algo simples, mas necessitam que tomes atenção a algumas regras. A mais importante é a de começar sempre à frente do pórtico número 1, e (com calma) passar pelos restantes pórticos na correspondente ordem numérica (2, 3 e 4) e finalizar novamente à frente do primeiro. Infelizmente o jogo necessita sempre dos 4 pórticos, pelo que terás que arranjar espaço para os colocares. Isto então criará um circuito em realidade aumentada pronto para as tuas corridas!

Mario Kart Live: Home Circuit

Nota: neste momento não deves NUNCA mexer na posição dos pórticos. Caso contrário o circuito poderá ficar completamente baralhado.

Após criares o circuito, poderás ainda editar cada pórtico para que este tenha itens ou outro tipo de obstáculos, numa variada gama que obterás conforme jogas o jogo. E falando em obstáculos, cada Kart vem acompanhado de duas baias direccionais que permitem ajudar a orientares-te pelo circuito.

Mario Kart Live: Home Circuit contém vários Grand Prix, que são compostos por 3 circuitos diferentes, em vez dos tradicionais 4. No total tens à tua disposição 24 pistas temáticas. “Mas o que difere entre elas se a minha pista é sempre a mesma?” Em em cada pista temática os pórticos sofrem alterações consoante o tema. Por exemplo, debaixo de água, para além do ecrã de jogo ter um filtro que te dá a sensação que estás submerso na água, os pórticos terão um dos famosos tubos verdes de Super Mario Bros. a expelir itens de jogo. Já outros temas poderão envolver a inversão do teu circuito, criando uma autêntica confusão, ou até mesmo uma tempestade de areia que faz com que o teu Kart se desvie com ela. Com isto, e para ajudar-te um pouco, o jogo não te penaliza por não passares por um pórtico, desde que chegues ao próximo. Mas caso batas num pórtico e o acabes por mover o suficiente, temos o caldo entornado…

Podes contar ainda com o modo Time Trial para ver quem faz o melhor tempo

Tal como nos outros jogos de Mario Kart, aqui também contarás com 4 tipos de velocidade, 50cc, 100cc, 150cc, 200cc e ainda um modo Mirror que te inverte o circuito. Nas primeiras corridas que faças sugiro-te que vás pelos 50cc, pois é a melhor opção para te habituares ao Kart. O curioso é que vais olhar para o Kart na vida real e vais achar que está a andar muito devagar, porém, no ecrã as coisas parecem bem mais velozes.

Lê mais:  Splatoon 2 | O Splatfest Maionese VS Ketchup Está de Volta!

Uma vez que domines, vais tentando as outras velocidades, pelo que sugiro a partir daqui que cries circuitos com menos curvas apertadas de forma a teres mais controlo sobre o Kart. Parecendo que não, nas velocidades mais altas vais sentir o Kart super rápido!

Os oponentes com que tu jogarás são nada mais do que os Koopalings de Bowser. Estes serão representados virtualmente através da realidade aumentada no teu ecrã. Esta é a forma incrível de poderes jogar este jogo “sozinho”. Estes oponentes tanto podem dar como levar itens, sendo que no teu lado, uma vez que leves com um dos itens adversários, o teu Kart irá parar tanto virtualmente como fisicamente. Muito fixe não é?

No que toca aos itens, continuamos a ter a presença das clássicas Carapaças vermelhas, Bananas, cogumelos, entre outros itens que tanto te ajudarão como dar-te-ão uma enorme dor de cabeça. Um dos itens mais controversos é o Bullet Bill, que te permite ganhar um boost de velocidade enorme ao mesmo tempo que te conduz automaticamente pelo circuito, porém, poderás acabar por bater em algo como uma perna de uma cadeira perdendo por completo a tua chance de ganhar. No entanto, existem vários itens que não puderam entrar neste jogo, como a carapaça verde ou o fantasma. Isto pelo simples facto de que o sistema de realidade aumentada não consegue processar batidas de objectos reais com objectos virtuais assim como fazer com que o teu Kart se torne invisível.

Mario Kart Live: Home Circuit

Mario Kart Live: Home Circuit vem com a possibilidade de ser jogado com mais 3 outros jogadores fisicamente no mesmo espaço. Isto desde que cada um tenha um Kart e uma consola própria. Tive a oportunidade de jogar com mais 2 amigos, juntamente com os Koopalings virtuais, e o resultado não podia ser mais desastroso, no bom sentido! Jogar com Karts físicos é outra história quando se trata de batidas. Empurrar os adversários, choques em cadeia, Karts em cima de outros, uma autêntica e divertida confusão. Bem, isto até alguém começar a mover pórticos e tramar o circuito. Aí um de nós terá que ir de imediato recolocar o dito cujo no sítio. No final, a gargalhada fala mais alto!

E se te estás a perguntar se lançar uma carapaça a um oponente com um Kart físico o faz parar na realidade, sim! É mesmo verdade!

Lê mais:  Monster Truck Championship | A Liga Mais Emocionante Chega Em Outono!

Alguns factores a ter em consideração

Contudo há que ter em atenção alguns factores. O primeiro, que na minha opinião é a maior falha, é a perda de sinal que temos ao utilizar a consola original (matriz) Nintendo Switch. Ao contrário da Nintendo Switch Lite, a sua antecessora não consegue levar o nosso Kart para muito longe, talvez uns 4 metros e estamos já a ter problemas de sinal, piorando assim que passamos por paredes, um simples sofá ou até mesmo só de meter a consola na Dock.

A Nintendo aconselha a que tenhamos pelo menos um espaço de 3m x 3.5metros, porém, acho que isto tudo varia consoante o espaço em si e os obstáculos.

Mario Kart Live: Home Circuit

O segundo factor que deves ter em atenção é o facto de que este Kart não te vai permitir gravar nem tirar fotografias via o botão da consola. A função muito provavelmente foi desativada por motivos de privacidade. Não queremos ser filmados durante a nossa hora do banho pois não?

O terceiro é a bateria, que apesar de ter uma duração OK (cerca de 1.5 horas numa velocidade moderada), esta vai levar bastante tempo a ser carregada. Pelo que nos é informado, carregar esta dos zero aos cem por cento, levará 3.5 horas, o que é imenso tempo. Pessoalmente não consegui comprovar ainda se a bateria leva este tempo todo, isto porque costumo carregar o Kart à hora de deitar. Desta forma estou sempre pronto para o dia a seguir.

O quarto é o facto de o Kart necessitar constantemente de manutenção. Este é um grande imã de pó e sujidade. Por mais que varras o chão, os pneus rapidamente passarão de preto a cinzento. E se tiveres animais em casa ou tiveres cabelos longos, estes podem meter-se nas rodas do teu Kart, impedindo-o de andar normalmente.

Mario Kart Live: Home Circuit

Por último ter em atenção onde conduzes. O Kart infelizmente não tem uma altura decente,  ficando facilmente preso em cabos, rampas minimamente íngremes ou até mesmo em carpetes muito peludas. Isto acaba por traduzir-se em momentos de frustração, tendo que ir ao local fazer a devida assistência ao veículo. Por isso tira o pensamento de levares este veiculo para a rua, pois nem a própria Nintendo aconselha.

Por outro lado, o Kart é bastante robusto. Já bati em todos os sítios que possas imaginar e às velocidades mais agressivas e o Kart não sofreu ainda nenhuma rachadura ou marca feita. No entanto sugiro que tentes sempre evitar bater de forma desnecessária.

A Música reciclada e o preço premium

A música em Mario Kart Live: Home Circuit foi uma mistura de sentimentos positivos e negativos. O facto de terem reciclado as mesmas músicas do Mario Kart 8 Deluxe, excepto a música introdutória, deixou-me com dúvidas acerca do empenho dos desenvolvedores durante a criação deste jogo. Não me leves a mal, pois as músicas continuam excelentes para este jogo, apenas gostava de ter novas para sentir que toda esta experiência é totalmente nova.

O preço de um Kart ronda os 100€, o que não é lá muito barato. Mas não nos podemos esquecer da tecnologia envolvida aqui. Contudo o que me frusta mais aqui é o facto de só podermos utilizar este Kart com uma Nintendo Switch. Se este jogo estivesse também disponível em Smartphones e Tablets o público certamente seria muito maior. Se uma criança não tiver uma consola Nintendo Switch, é muito pouco provável que convença os pais a gastarem mais de 300€ na consola e no Kart. E estamos apenas a falar de 1 jogador. Certamente que Mario Kart Live: Home Circuit é uma experiência super divertida e original, mas não é o principal motivo para se comprar uma consola nova.

Mario Kart Live: Home Circuit já se encontra disponível em exclusivo para a família de consolas Nintendo Switch.

Conclusão da Análise
Divertido!
8.5
Um fanático por Nintendo, de nome "Nintendista", que procura mostrar ao mundo o lado mágico da empresa que o acompanhou durante toda a vida.

Deixa uma resposta

Por favor deixa aqui o teu comentário
Por favor deixa aqui o teu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.