Numa enchente de jogos que irão deslumbrar pela história, magnitude, complexidade mecânica, banda sonora ou visuais, surge um jogo que prima pela simplicidade e diversão. Falo pois de ReadySet Heroes, um dungeoncrawler com a vertente PvP, desenvolvido pela Robot Entertainment, equipa que nos trouxe o super viciante Orcs Must Die!

[irp]

Jogalidade

Chegando ao menu, deparamo-nos com dois modos de jogo, o modo Crawl N’ Brawl, onde jogamos numa versão alterada de contra-relógio. Angariando o máximo de recursos possíveis para que, no fim, defrontemos os nossos adversários, podendo estes ser jogadores online ou amigos que estão a jogar ao nosso lado.

Caso prefiram jogar sozinhos ou em modo cooperativo, podem sempre optar pela Tower Crawl, relativamente simples. Têm trinta níveis, com uma dificuldade em modo crescente, sendo que estão limitados pelo número de vidas com que começam (ou seja, três).

Modo Co-Op Deixa Muito a Desejar

Aqui começa um dos problemas que tenho com este jogo: o facto de não haver qualquer hipótese de recuperação quando jogamos com um amigo. Isto porque o personagem da outra pessoa a modos que faleceu, e mesmo eu ultrapassando dois bosses, vi-me inútil para a trazer de volta ao jogo.

Isto levou a que eu terminasse o jogo para poder voltar a jogar com a outra pessoa, o que, na minha opinião, podia ser melhorado. Não digo que tenha de ser dado de bandeja, mas após ultrapassar cada boss, devia ser possível recuperar uma vida.

ReadySet Heroes

[irp]

Ambos os modos são divertidos, cada um com as suas nuances. Mas, infelizmente, tenho de me ficar por aí. Dois modos.

Creio que já perceberam onde quero chegar.

Apenas Dois Modos de Jogo

É uma pena que uma equipa com tanto talento criativo se tenha limitado (ou tenha sido limitada) para criar apenas dois modos de jogo. Acredito que um modo história ou mesmo um modo competitivo, onde o victorioso fosse quem sobrevivesse mais tempo numa corrida à última dungeon, trouxessem mais vida a este belo jogo.

Este tipo de limitações não é característico da Robot Entertainment, pelo que também me vi surpreendido pela negativa quando descobri que, das dez personagens que temos, só seis são jogáveis a início. No entanto, nenhuma difere em habilidades. Ou seja, temos personagens por desbloquear que nada de novo trazem a não ser o seu corpo.

Cada personagem está dependente da sorte que temos quando abrimos os baús de recompensa no final de cada nível. O que, a meu ver, deixa demasiado nas mãos do acaso, impossibilitando uma evolução constante da nossa personagem. Com tantas limitações, fiquei com a sensação de ter jogado uma fase inicial deste jogo, como se estivesse incompleto.

ReadySet Heroes

[irp]

Visuais e Banda Sonora

Em termos artísticos, ReadySet Heroes traz consigo visuais cativantes, prontos a captar a atenção do jogador. Mais concretamente, as suas cores vibrantes, aliadas a efeitos espectaculares, enchendo o nosso ecrã com um festival brilhante!

Aliada a estes visuais temos uma banda sonora desafiante, ao estilo de Crash Bandicoot N. Sane Trilogy, com tons acelerados e batidas desenfreadas.

ReadySet Heroes já está disponível para a PlayStation 4 e na Epic Games para PC.

Deixa uma resposta

Por favor deixa aqui o teu comentário
Por favor deixa aqui o teu nome