Com toda a popularidade da franquia de Overcooked!, era mais que óbvio que a moda ia pegar e logo teríamos alguns títulos semelhantes a chegarem ao mercado. No entanto, a capacidade de inovação e de ter algo a acrescentar à experiência, foram algumas das questões sobre as quais a equipa da Huu Games se debruçou ao longo do desenvolvimento de Shakes on a Plane. Como resultado, temos aqui um jogo que te desafia a preparar comida e entregar atempadamente os pedidos aos teus clientes, a bordo de um avião, enquanto viajas pelo mundo inteiro. Vais picar o bilhete?

Shakes on a Plane

Shakes on a Plane desafia-te a encontrares uma receita para algo absolutamente delicioso que possa competir contra as iguarias de grandes chefes de outras galáxias, numa competição que coloca os melhores do universo frente a frente! Será que o Beerus teve mão nisto?

Contudo, a equipa que representamos não é a do planeta Terra, mas sim a de uns aliens desesperados por ganhar este torneio, e que cegos pela sede de vitória, decidem vir ver o que é que os humanos andam a cozinhar.

Com efeito, toda a nossa experiência se resume a aprendermos a confecionar diferentes tipos de pratos, e a adicioná-los à mega receita que os aliens querem criar ao combinarem tudo o que fazemos numa só refeição. 

Shakes on a Plane

Desde já a variedade de comidas e bebidas que confecionamos, é sem dúvida mais vasta que a experiência algo repetitiva de Overcooked!.

Além disto, é também necessária alguma atenção especial para a combinação de ingredientes, que podem sair muito ao lado do que o cliente te pediu. 

Uma mecânica também interessante é que apesar de só termos direito a um punhado de personagens diferentes, cada uma tem a sua habilidade especial, como atirar coisas ou correr mais rápido. 

Shakes on a Plane obriga-te a que mesmo em modo single-player, leves pelo menos duas personagens controláveis para alternares entre tarefas, sendo que em co-op poderão entrar no máximo 4 jogadores. 

Shakes on a Plane

Algo que me faz imensa impressão é a curva de dificuldade algo aleatória que apanhas a cada nível de Shakes on a Plane, sendo que tanto em single-player como em co-op, o desafio é 8 ou 80, sem intermédios.

De facto, tendo jogado com o Bruno Dores, notámos que repetindo o mesmo nível vezes sem conta, a dificuldade não era constante, tendo partidas onde o ritmo da chegada de pedidos era mais espaçado, e outros onde andávamos sem parar de uma ponta à outra do avião, e mesmo assim não tínhamos grandes perspectivas de sucesso.

E isto para não falar das “armadilhas” que vão sendo adicionadas ao avião conforme progrides, como o mesmo inclinar-se todo para um lado, e vários móveis deslizarem e poderem mesmo causar um respawn à tua personagem, ou até um sinal de perigo que te obriga a sentares-te numa cadeira sob pena de caíres ao chão e demorar imenso tempo a poderes ganhar de novo o controlo da tua personagem.

Shakes on a Plane

Tal como a maioria dos jogos deste género, Shakes on a Plane também te obriga a conquistares uma prestação de pelo menos 2 estrelas em 3 para poderes desbloquear o próximo nível. No entanto, tendo isto em mente e o nível de dificuldade completamente aleatório, isto é mais uma questão de sorte do que outra coisa.

As estrelas são conquistadas à saída do avião numa animação (muito lenta mas, felizmente, dá para acelerar a velocidade da mesma) onde te despedes dos passageiros, sendo que estes ao passarem por ti mostram o apreço pelo serviço que lhes prestaste.

Contudo, basta um pedido mal completado no meio de 5 passageiros satisfeitos, para te roubarem meia estrela da tua pontuação, o que torna a conquista do mínimo de 2 estrelas bem difícil! 

Shakes on a Plane

Em termos gráficos, Shakes on a Plane tem um aspecto muito semelhante a Overcooked!, mas com animações mais lentas e, na minha opinião, menus mais aborrecidos, nomeadamente quando tens de navegar pelos níveis no globo terrestre. Além disto, não tens qualquer música para te motivar ao longo da partida, nem nos níveis, nem nos menus, estando só presentes os sons do avião ou da reação dos passageiros aos pedidos entregues. 

Shakes on a Plane já está disponível para Nintendo Switch e na Steam para PC.

Conclusão da Análise
Talvez precisasse de estar mais tempo no forno
5
Apaixonada pelo mundo do cinema e dos videojogos. A ficção agarrou-me e não me largou mais! A vida levou-me pelo caminho da Pós-Produção, do Marketing e da organização de Eventos de cultura pop, mas o meu tempo livre, dedico-o a ti e à Squared Potato.