O jogo de hoje captou a minha atenção no momento imediato em que vi o seu trailer, por me invocar memórias de The Escapist e até do próprio GTA de 1997. No entanto, para perceberes melhor o conceito de Streets of Rogue, digamos que este é um casamento entre rogue-likes como Biding of Isaac e as mecânicas RPG de Deus Ex.

Lê mais:  Call Of Duty: Modern Warfare | Warzone Disponível Gratuitamente Para Os Jogadores!

A Resistência

Quando começas o jogo, és colocado à prova para entrares ao serviço da Resistência. Uma colectividade, que procura derrubar o actual Presidente da Câmara. Pois este tornou a classe alta ainda mais rica e poderosa, e forçou a classe baixa a viver no limiar da pobreza. Como se não bastassem as inflações, todo o ouro do mundo se resume… a chicken nuggets. E este é realmente o bem mais valioso do jogo inteiro!

Um jogo onde o anarquismo ascende, e onde consequentemente a forma com que trilhas o teu caminho, para chegar ao topo, fica totalmente ao teu critério. Com efeito, cada run começa num bairro pobre, e a cada três pisos que sobes na cidade (qual Corte Inglês), chegas a um novo estrato. Sendo o teu objectivo chegar ao piso onde se encontra o Presidente, o 12º.

O que queres ser?

Com isto, no inicio de cada run, podes escolher entre um variado leque de classes, que vai crescendo conforme consegues cumprir certos objectivos. Aqui podes escolher ser Soldado, Gagster, Hacker, Médico, Vampiro, Gorila, etc… Ou ainda criar e personalizar a tua própria personagem. Com efeito, todas as classes já predefinidas tem características e forças exclusivas de que podes tirar partido.

Streets of Rogue

Lê mais:  Nintendo Switch Online | Donkey Kong Country 2 entre as novas Adições de Setembro

Por exemplo, o Gorila é óptimo para andar à porrada. Já o Hacker é óptimo para invocar o caos de longe, entrando em todos os sistemas possíveis. O Vampiro tem a grande vantagem de não ser visto por câmaras de vigilância, nem ser detectado pelos alarmes. O mesmo pode ainda recuperar vida sugando o sangue de qualquer NPC que encontremos pelo caminho. E assim, adiante…

Até a forma como consegues curar as personagens é condicionada consoante certas classes. A maioria pode ingerir alimentos e recorrer a kits médicos, mas para o Vampiro tal não é possível. Outra condicionante são as armas que cada classe pode utilizar. O Gorila, por exemplo, não sabe o que fazer com uma arma de fogo. Já o soldado começa a run com um verdadeiro arsenal já equipado.

Cada classe foi, de facto, construída tendo por base uma forma diferente de abordagem às missões. Deste modo, o jogador pode escolher a forma como quer executar estes objectivos, que tem de concluir para poder progredir nos andares. Quer recorrendo a técnicas mais stealth, entradas explosivas, ou a provocar a confusão entre dois grupos inimigos.

Curva de dificuldade

Mas não penses que Streets of Rogue é um mar de rosas! Lá porque escolhemos uma classe e temos as nossas valências, o jogo está constantemente a derrotar-nos. É um pouco frustrante até, lidar com a imensa dificuldade existente logo nos primeiros três níveis, sendo que a cada novo estrato tudo só piora.

Streets of Rogue

Lê mais:  Predator: Hunting Grounds | Já Está Disponível Para PlayStation 4!

Com armadilhas espalhadas em plenas ruas, estranhos que te esperam escondidos em arbustos, paredes de arame farpado em todo o lado, Ladrões, Zombies, Fantasmas, Motins… Enfim, este jogo é um mundo estupidamente difícil e cruel de mais, e é por isso mesmo que o amo e o acho tão viciante!

Modificadores para cada Run

Como se já não houvesse caos suficiente neste jogo, temos ainda uma série de modificadores que podemos activar para tornar as runs mais emocionantes, mais fáceis ou até mesmo, para nos dificultar ainda mais a vida (mas o que é que estes developers têm contra mim? *cries in portuguese*). Desde já digo-te a minha combinação preferida: Exploding Bodies, sempre bom para abrir caminho. Continue ? porque dá-te três vidas e porque tinha de fazer esta análise algum dia destes, não é? Big Knockback, porque gosto de runs com impacto *wink wink*. E, se ainda tiveres coragem: Disasters Every Level.

À parte destes modificadores, existem ainda outros especiais. Esses, só podes adicionar consoante fores aumentando o teu nível de Skills com a classe, ou quando terminares um andar. É, no entanto, também importante referir que de três em três andares, ao completares as missões com cinco personagens diferentes não Over-Powered, desbloqueias uma opção que te permite começar as runs no estrato seguinte. Pelo que não necessitas de voltar a começar sempre tudo do nível mais baixo do jogo.

Uma arte deslumbrante

Streets of Rogue oferece-nos uma perfeita relação de amor-ódio com o jogador. Digo isto, porque apesar da sua jogabilidade intensa, os seus belíssimos grafismos ao estilo pixelart e a animação fluente incitam-nos a voltar a jogar. Mesmo conhecendo perfeitamente o pesadelo que teremos pela frente. A acompanhar esta experiência temos uma banda sonora que fica entranhada na cabeça na primeira meia hora de jogo.

Streets of Rogue já está disponível para PlayStation 4, Xbox One, Nintendo Switch e na Steam para PC.

Deixa uma resposta

Por favor deixa aqui o teu comentário
Por favor deixa aqui o teu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.