O videojogo Super Meat Boy é um indie de plataformas que dispensa apresentações. Desenvolvido pela Team Meat e distribuído pela Blitworks, em 2010 fez a sua estreia na XBOX 360, onde se popularizou e fez furor.

De repente, o mundo inteiro quis meter as mãos neste pedaço de carne… Ew! Quase uma década depois, o videojogo continua a ganhar ports para todas as consolas, sendo que até já chegou à Nintendo Switch! Super Meat Boy parece ser um indie que te fará passares um bom bocado. Piadas secas à parte, conto-te de seguida como é a experiência de ter jogado finalmente este videojogo.

Semelhanças com os Clássicos

Super Meat Boy

Da experiência que tive a jogar Super Meat Boy, há uma palavra que resume e mete o ponto final no videojogo: Persistência. Do tipo de persistência de que são feitos os cogumelos do Mario, que década após década continua a comê-los e a andar atrás da Peach só para descobrir que ela afinal está noutro castelo. A jogabilidade e história de Super Meat Boy encontra aqui algumas semelhanças com a de Mario.

Comecemos pelo Meat Boy. O Meat Boy é um maluco completamente apaixonado pela sua namorada Bandadge Girl. Isso ou não fossem os “n” níveis, “n” obstáculos, “n” artimanhas que temos de conseguir assimilar para conseguirmos ultrapassar e chegarmos ao fim de cada nível, até à sua amada (suspira). Isto tudo só para a vermos a ser novamente raptada nível após nível pelo Dr. Fetus.

Sim! O nosso maior inimigo é um feto! Já estamos para além de todos os avisos de estranheza que poderiam haver para este videojogo.

Jogabilidade

Super Meat Boy

A nível de jogabilidade, como senhora, ao fim e ao cabo, no final de cada nível, senti-me naquela altura do mês.

Os níveis vão-se tornando extremamente estratégicos, e tu só tens dois botões para premir: o de correr ou o de saltar. Tens de executar todo o percurso na perfeição pois qualquer dano é fatal. Terás mesmo de te tornar um perfeito calculista para não acabares o nível ao estilo do The Shining.

Super Meat Boy confere-te alguns capítulos compostos por imensos níveis, mais de 300, que precisas de completar ainda para desbloqueares os Boss. Após derrotares o Boss de cada capítulo é que poderás passar para o próximo. Super Meat Boy tem ainda um modo de jogo competitivo entre dois jogadores. Nesse modo, poderás fazer os níveis todos numa corrida contra o tempo e contra o teu oponente.

Dificuldade

Apesar da dificuldade, o Super Meat Boy nunca te dá a sensação de que chegaste a um nível de frustração com o videojogo. Tem uma dificuldade verdadeiramente desafiante, mas é sobretudo divertido perceber os tempos dos teus próximos movimentos em relação ao cenário.

Algo a salientar é que cada novo inimigo ou armadilha que te são apresentados, são introduzidos de forma inteligente nos seus respectivos níveis. Assim tens logo a oportunidade de explorar as usas falhas que te permitirão prevalecer para chegares ao fim dos níveis.

A Nível Artístico

Super Meat Boy

A arte nas cutscenes de Super Meat Boy parece que foi animada em Paint, mas o estilo para este tipo de videojogo não poderia sair muito desta identidade. Os níveis têm também eles um design simples, mais cartoonista, mas pouco coloridos. Isto a culminar com uma animação simplista, mas funcional, conferem ao Super Meat Boy, uma identidade visual algo sólida e funcional.

A banda sonora deste videojogo também tem aqui o seu spotlight. Com estilo techno retro electrizante que nos deixa mergulhar neste ambiente como se estivéssemos a jogar uma arcada.

Super Meat Boy está disponível na XBOX 360, Steam, Android, PlayStation® Vita, PlayStation 4, WiiU e Nintendo Switch.


Já tinhas jogado Super Meat Boy?

Conclusão da Análise
Desafiante
6
Cedo me apaixonei pelo mundo do cinema e dos videojogos. A ficção agarrou-me e não me largou mais! A vida levou-me pelo caminho da Pós-Produção e da organização de Eventos de cultura pop, mas o meu tempo livre, dedico-o a ti e à Squared Potato.

Deixa uma resposta

Por favor deixa aqui o teu comentário
Por favor deixa aqui o teu nome

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.