Tal como Diogo Batáguas e a sua rubrica X ANO FOI HÁ Y ANOS inaugurava o primeiro dia do ano, a Lisboa Games Week juntou-se à Cupra City Garage para mais uma apresentação e ajudar-nos a conhecer novamente, e cito “em primeira mão as maiores novidades e lançamentos que vão marcar a enorme comunidade de gaming.”. Será que este Kick Off deu o pontapé de saída necessário para compensar o ano anterior?

p.s.: Caso a memória falhe consulta este link para a apresentação da Lisboa Games Week 2022, este link para o meu balanço desse ano e este link para o balanço oficial feito pela organização.

A minha resposta curta, dura e direta ao assunto? Não. Tinha assistido a mais gaming ao jogar em casa do que foi apresentado. Um autêntico esta apresentação poderia ter sido um e-mail (sim, estou a evocar o meme). Mas vá, Ulisses, profissionalismo.

Antes da apresentação em si, subiu a palco uma representante da Cupra City Garage para os agradecimentos da praxe comuns nestes eventos, assim como explicar e enquadrar a marca nesta colaboração. Trocou-se alguma história empresarial, assim como menção do MetaHype e o facto de três dos seus veículos estarem disponíveis no Forza Horizon 5 (mais informações aqui e aqui).

Com esse à parte feito passou-se a palavra a Dália Palma, Coordinating Manager da Lisboa Games Week pela FIL. Foi sol de pouca dura, pois rapidamente chutou-se a responsabilidade para cima de um vídeo produzido pela organização onde dois assistentes virtuais, Maria e Pedro, criados por inteligência artificial (desde a voz até aos seus maneirismos e aspeto) apresentaram e enfatizaram o espaço do retrogaming, serviço educativo e a Loading Zone. Terminaram com um outro vídeo (videoception; vídeo num vídeo) destacando os pontos altos das edições anteriores.

Entre alguns compassos de espera uma responsável e representante da Microsoft Portugal (sim, não tens nomes porque infelizmente não tomei nota, perdoa-me) referiu o LGW Minecraft eSports Challenge, uma competição com mais informações aqui.

Nelson Sousa, responsável pela área de cosplay no Lisboa Games Week 23 (conforme anunciado aqui) toma palco para engrandecer a atividade com um curto e inclusivo discurso onde revela que, este ano, foram recebidas mais de mil candidaturas para garantir a entrada gratuita no evento (publicado originalmente aqui).

Lê mais:  Lisboa Games Week 22 | Organização faz balanço desta edição e revela data da próxima edição

Depois desse número destaca também que decorrerá uma das eliminatórias da International Cosplay League (ICL) para selecionar um cosplayer individual e uma dupla com o objetivo de representar Portugal numa das maiores competições europeias, realizada na Japan Weekend em Madrid. Revela também o LGW Cosplay Contest, um concurso casual e descontraído com o slogan Just Have Fun. Ao seu lado, para demonstrar ao vivo e cores esta arte, estiveram os cosplayers Kuro Karen, Nymesia e Syn3rgie, Xhemyd, entre outros!

Para fechar a apresentação veio Ricardo Freire, Digital Marketing Manager da Media Capital (TVI, CNN, etc.) anunciar que desta parceria virá não só cobertura mediática, mas também um stand Clube Morangos com Açúcar (sim, publicada aqui) onde estarão reservadas várias surpresas como passatempos, animação e autógrafos por parte do elenco.

Fora um ou outro lapso meu que possa ter ocorrido, esta foi a apresentação da Lisboa Games Week.

Enfim. São quase três horas da manhã e já perdi tempo a mais com estes parágrafos. Vou, no mínimo, reunir mais detalhes para teres uma ideia do que esperar deste evento (até ao momento). Até ao final do mês seguirá um artigo com as minhas considerações gerais do evento num todo. Mas, para já, e de uma forma geral, tens o Linktree da Lisboa Games Week aqui.

Posto isso tens também o PROGRAMA LGW TALKS BY LG no Pavilhão 4 e subsequente planta do evento conforme imagens em baixo:

Por último deixo-te com o que foi anunciado nas redes sociais do evento até ao momento:

– Espaço Family & Friends (publicação aqui) ;
– Mais de 40 máquinas de vários tipos (arcade, pinball, 4D, etc. (publicação aqui)) ;
– Área de Board Games (publicação aqui) ;
– Museu LOAD ZX SPECTRUM (publicação aqui) ;
– Presença de FTW – For the Win Esports Club (publicação aqui) ;
– Presença de Nintendo (publicação aqui) ;
– Presença da Cosukai (publicação aqui) ;
– Presença da True Alpha eSports (publicação aqui) ;
– Presença da Alpha Gamer (publicação aqui) ;
– Presença da Devir Portugal (publicação aqui) ;
– Presença da Grow Up eSports (publicação aqui) ;
– Presença da Katachi Store (publicação aqui) ;
– Presença da Rádio Popular (publicação aqui) ;
– Presença da LG (publicação aqui) ;
– Presença da Lotus Valley Store (publicação aqui) ;
– Presença da Spirit of Gamer (publicação aqui) ;
– Presença da Takis (publicação aqui) ;
– Presença da Visionarium (publicação aqui) ;
– Presença da Assembly (publicação aqui) ;
– Presença da Team 7 e-Sports (publicação aqui) ;
– Presença da GoYo-Ya (publicação aqui) ;
– Presença da Estatic Anime (publicação aqui) ;
– Presença da Nerdycore e Ifrit Studios (publicação aqui) ;
– Presença da Liga Steampunk (publicação aqui) ;
– Presença da Magnum (publicação aqui) ;
– Presença da Flag (publicação aqui) ;
– Presença da CaldasCraft (publicação aqui) ;
– Presença da MadFoxLabs (publicação aqui) ;
– Anúncio de João Vitória como embaixador dos Board Games (publicação aqui) ;
– Espaço Photobooth para Cosplayers (publicação aqui) ;
– Parceiro LGW: FNAC (publicação aqui) ;
– Parceiro Politecnico de Setúbal (publicação aqui) ;
– Parceiro Underdog Corp (publicação aqui) ;
CON’NECT presente na LGW com um Hub Comunitário (publicação aqui) ;
– Stand EXSAD (publicação aqui) ;
Omen Retake TakeOff (publicação aqui) ;
– Performance de canto e dança pela dupla Yukirinha e Sashimi (publicação aqui) ;
– Cosplayer Sakuraflor como convidada internacional (publicação aqui) ;
– Cosplayer Har_Fie/Harry Field como convidado internacional (publicação aqui) ;

Desde muito cedo um confesso apaixonado pelos mundos da PlayStation e consolas Nintendo. No entanto a vida dá muitas voltas e agora o seu amor foca-se nas novas Xbox Series. Nada como paixão à primeira vista, não é verdade?