O Senhor dos Anéis: Os Anéis do Poder

O histórico Museu Britânico de Londres foi o cenário da after party da antestreia de O Senhor dos Anéis: Os Anéis do Poder, a tão esperada série da Prime Video, que estreará amanhã a 2 de setembro.

Fundado em 1753, o Museu tem uma coleção de mais de 8 milhões de artefactos, incluindo uma das principais coleções do tipo de material que inspirou J.R.R. Tolkien. O local histórico foi transformado numa homenagem ao legado das obras icónicas do autor, transportando os convidados para os mundos mágicos que criou.

O exterior do emblemático Museu foi o pano de fundo para a chegada dos convidados especiais desta antestreia mundial. O tapete vermelho, decorado com escrita élfica dourada, acompanhava a subida das escadas, ladeadas por colunas douradas alusivas ao reino da Terra Média de Lindon. No interior do evento, e para celebrar o lançamento de Os Aneis do Poder, o compositor da série Bear McCreary conduziu uma orquestra de 13 peças, incluindo 10 tambores taiko e 21 vocalistas, numa performance ao vivo da composição que criou especificamente para a estreia de Londres. A performance de McCreary ocorreu nos degraus do Grande Pátio, à volta da famosa Sala de Leitura Redonda. A Sala de Leitura, concluída em 1857, tornou-se um centro de aprendizagem mundialmente reconhecido no coração do Museu.

A estreia mundial contou ainda com a presença dos 22 membros do elenco da série: Cynthia Addai-Robinson, Robert Aramayo, Owain Arthur, Maxim Baldry, Nazanin Boniadi, Morfydd Clark, Ismael Cruz Córdova, Charles Edwards, Trystan Gravelle, Sir Lenny Henry, Ema Horvath, Markella Kavenagh, Tyroe Muhafidin, Sophia Nomvete, Lloyd Owen, Megan Richards, Dylan Smith, Charlie Vickers, Leon Wadham, Benjamin Walker, Daniel Weyman e Sara Zwang.

Lê mais:  A Roda do Tempo | Terceira temporada anunciada na Comic Con San Diego

Participaram também os realizadores e produtores executivos J.D. Payne e Patrick McKay, os produtores executivos Lindsey Weber e Callum Greene, os Wayne Che Yip e Charlotte Brändström, o argumentista e produtor executivo Justin Doble, o compositor Bear McCreary, o designer de produção Ramsey Avery, o artista conceitual John Howe, o treinador de dialetos Leith Mcpherson e o diretor de elenco Theo Park.

Entre os executivos da Amazon presentes na estreia estiverem Jeff Bezos, Founder & Executive Chairman, Jeff Blackburn, SVP Media & Entertainment, Mike Hopkins, SVP, Prime Video, MGM, Amazon Studios, Jennifer Salke, Head of Amazon Studios; Vernon Sanders, Head of Global Television, Amazon Studios, Albert Cheng, COO of Amazon Studios, entre outros.
A sala de convidados exibiu ainda alguns tesouros históricos durante o evento:

● Seax anglo-saxão (faca de combate), inscrito com runas inglesas antigas: Tolkien criou os seus próprios alfabetos rúnicos, derivados de antigas runas inglesas e nórdicas, sendo que algumas das suas personagens lutaram com uma armas como esta.
● Anel de ouro Viking do século XIV, encontrado num tesouro em Hampshire: Na Era Viking, como nos livros de Tolkien, os anéis de ouro eram símbolos de riqueza e poder. Este exemplo é composto por seis fios dourados separados e entrançados num padrão complexo.

● Espada viking de dois gumes do Rio Tâmisa: Esta espada tem uma lâmina soldada, que quando nova, criava um efeito de brilho quase mágico. Os encaixes de punho são decorados com camadas de prata e cobre. Uma arma adequada para um herói élfico.

Lê mais:  The Boys Presents Diabolical | Estreia hoje no Prime Video

● Cabeça de machado Viking, século XI ou XI: Se as espadas eram as armas escolhidas pelos elfos e homens, já os anões de Tolkien adoravam os seus machados. Este espécime enorme poderia cortar um inimigo ao meio ou arrancar as pernas de um cavalo em plena marcha.

Os dois primeiros episódios da série multi-temporada estrearão exclusivamente na Prime Video em mais de 240 países e territórios em todo o mundo e em vários idiomas, amanhã, sexta-feira, 2 de setembro, com novos episódios disponíveis a cada semana.

Apaixonada pelo mundo do cinema e dos videojogos. A ficção agarrou-me e não me largou mais! A vida levou-me pelo caminho da Pós-Produção, do Marketing e da organização de Eventos de cultura pop, mas o meu tempo livre, dedico-o a ti e à Squared Potato.